Tapete é o charme da decoração da casa

Pequeno ou grande, liso ou estampado. Item é o curinga na ornamentação do lar

Por Marina Cardoso

Na sala com sofá, cortinas e poltronas neutras, o morador pode investir em um tapete escuro
Na sala com sofá, cortinas e poltronas neutras, o morador pode investir em um tapete escuro -

Rio - O tapete não precisa ser vermelho para conferir charme aos ambientes. O item é uma espécie de curinga na decoração da casa. Pequeno ou grande, liso ou estampado. É possível harmonizar a peça com os móveis e objetos decorativos do espaço. Para isso, especialistas dão dicas para os moradores.

A peça pode ser inserida em vários estilos de decoração. Mas para isso, é preciso observar primeiro o tamanho do ambiente. Não é recomendável colocar um tapete que ocupe a maior parte do espaço. Em espaços integrados, por exemplo, o item exerce a função de ajudar na delimitação das áreas sem isolá-las. "Com a escolha, não é necessário usar nenhum móvel para exercer esse papel. Sugiro isso, pois tudo deve ser muito delicado", afirma a arquiteta Ana Paula Briza.

No quarto, por exemplo, além de enfeitar, a peça dá uma sensação de aconchego e conforto. "Como o tapete ladeia a cama, ele ainda assume o papel de evitar pisar diretamente sobre o chão frio", acrescenta.

Para a arquiteta Fernanda Takadachi, os formatos retangulares caem muito bem em ambientes estreitos e cumpridos. "Sempre aposto na escolha de modelos diferenciados, mas que, ao mesmo tempo, conversem com o restante da decoração", explica.

O morador pode investir em um tamanho maior para cobrir toda a lateral da cama ou em pequenas peças posicionadas nos pés e nas laterais da cama.

Geométricos são favoritos

Para quem estiver interessado em investir em um tapete moderno e que orne com a decoração, os modelos geométricos ganham destaque. "É uma opção que adoramos. O importante é saber dosar com os outros elementos", afirma a arquiteta Ana Paula Briza. Em uma sala com sofá, paredes e cortinas neutras, é indicado que se invista em uma peça com tom mais forte. Dessa forma, harmoniza o ambiente. O morador também pode fazer o contrário, incluindo o tapete na decoração. Caso tenha objetos de decoração e móveis muito escuros, a peça pode dar um equilíbrio e não deixar o ambiente pesado. Em uma sala com a paleta com nuances de cinza e marrom, por exemplo, o tapete indicado é branco e azul claro. "O tapete pode trazer vivacidade e alegria ao ambiente", afirma a especialista.

 

Galeria de Fotos

Na sala com sofá, cortinas e poltronas neutras, o morador pode investir em um tapete escuro Divulgação
Dicas para acertar no tapete para a casa Divulgação
Dicas para acertar no tapete para a casa Divulgação

Últimas de Imóveis e Casa