Bons ares na Serra

Clima agradável, qualidade de vida e segurança atraem moradores da capital e da Baixada para as cidades serranas do estado do Rio

Por O Dia

Bosque de Nogueira tem unidades com preços a partir de R$ 195 mil
Bosque de Nogueira tem unidades com preços a partir de R$ 195 mil -
Bons ventos sopram para o mercado imobiliário da Serra Fluminense. Com cerca de 500 mil habitantes, a região, que é uma das mais procuradas por turistas, tem atraído também moradores fixos ou ocasionais por conta dos preços mais acessíveis que na área metropolitana, sem falar na segurança e na qualidade de vida. Compradores de diversos bairros do Rio e da Baixada estão entre os principais interessados.

Com essa procura, a tendência é de valorização dos imóveis. De janeiro a outubro de 2019, o valor médio do metro quadrado dos apartamentos subiu quase 3% em Teresópolis e Nova Friburgo. Já em Petrópolis, os preços se mantiveram praticamente estáveis, mas em bairros como Nogueira, considerado o mais charmoso da cidade, o metro quadrado subiu quase 2% no mesmo período, chegando a R$ 5.885. Os dados são foram apurados pelo Centro de Pesquisa a Análise da Informação do Sindicato da Habitação do Rio (Secovi Rio).

É justamente nesta área que a Sola Construtora tem fortalecido sua atuação nos últimos anos, com o lançamento de empreendimentos como o Bosque de Nogueira 1 e o Bosque de Nogueira 2. O primeiro, lançado em março de 2018, tem previsão de entrega para janeiro de 2021. São 156 unidades de 2 quartos com preços entre R$ 195 mil e R$ 230 mil. Na área de lazer, salão de festas, playground, horta comunitária, academia ao ar livre e espaço zen. Ainda há 33 unidades disponíveis. Tamanho sucesso levou à construção de uma expansão.
Quer saber mais? Basta preencher o formulário abaixo:

Comentários