Carlos Bonow é capa da Revista Mensch de dezembro

Ator abre o jogo sobre carreira, cidadania, família, bem estar, vaidade e os planos para 2018

Por O Dia

Carlos Bonow é capa da revista Mensch de DezembroDivulgação

Rio - Aos 44 anos, Carlos Bonow é capa da Revista Mensch de dezembro. Na entrevista, o ator abre o jogo sobre carreira, cidadania, família, bem estar, vaidade e os planos para 2018. O galã também falou sobre sua participação no reality 'Dancing Brasil', da Record.

"O 'Dancing' era algo realmente desafiador, porque seria importante para minha profissão, já que eu tinha uma experiência grande de palco. Eu canto, mas me falta a dança profissional. Portanto, foi um desafio incrível que eu achei sensacional. Adorei ter participado", destacou o ator sobre o reality.

Bonow contou que tem um projeto de teatro para o próximo ano. Ele afirmou ainda que o 'Cinco Homens e um Segredo' deve continuar.  "O 'Pequeno Príncipe', que estávamos fazendo, pode ser que volte, se não voltar, outra produção do grupo Grattus, vai existir. Não fico fazendo tantos planos, eu deixo que os planos apareçam. Eu os atraio e ele chegam", completou.

Carlos Bonow é capa da revistaDivulgação

Segundo o ator, o papel que mais marcou a vida dele na TV foi o personagem Gastão, de 'O Quinto dos Infernos'. "Eu tive papéis que gostei demais. Esse personagem [Gastão] foi muito importante para mim e o público passou a me conhecer melhor", reforçou.

Na entrevista, o artista também falou sobre a família. Para ele, é importante passar valores para os filhos. "As pessoas falam muito em deixar um mundo melhor para os filhos. Mas eu acho importante a gente deixar filhos melhores para os futuros", destacou.

Ele acrescentou ainda que o artista tem "deveres, funções e obrigações" a cumprir". "Com uma voz ativa na política, na cultura, na educação, está interligado. Onde eu puder usar a minha voz, a minha imagem como cidadão eu vou usar", afirmou.

Carlos BonowDivulgação

Em relação aos cuidados com o corpo, Bonow contou que tenta fazer um exercício por dia, seja correr na praia ou surfar. "Meu carro tem sempre uma mini academia, ou uma prancha de surf, ou um tênis. Tem a atividade de dança, por que depois do 'Dancing Brasil' eu continuei fazendo dança na academia Ramalhos. Depois que eu saí do 'Dancing' eu prometi para mim mesmo que eu ia continuar fazendo por que era meu objetivo aprender e é uma coisa que também me faz manter a forma. Eu não sou um cara exatamente vaidoso. Mas sim eu sou um cara que me cuido", finalizou.