Na ondados apPs

Sucesso do Uber estimula outras iniciativas, como do 'tinder' dos carros, conectando compradores a vendedores

Por O Dia

Milhares de aplicativos para smartphones são lançados diariamente para todo o tipo de assunto. No segmento de automóveis, o Brasil vai criando ou importando essas soluções como forma de disponibilizar os principais serviços na palma da mão dos clientes. Embalados pelo sucesso do Uber, há propostas para reduzir gastos, facilitar os deslocamentos e facilitar vendas de usados, por exemplo.

Carro compartilhado

O aplicativo 'Pegcar' propõe ao proprietário de um automóvel não só compartilhar o banco traseiro do seu veículo com um desconhecido, mas oferecer o carro em si. Pelo serviço online, o carro pode ser alugado por horas, dias e até semanas. O preço do aluguel negociado com o locatário varia pelo tempo de uso e modelo do veículo escolhido pelo locador. O pagamento é feito pelo próprio site, com uso de cartão.

Carona compartilhada

Para quem quer só pegar uma carona, há o app 'Bla Bla Car' e o 'BeepMe', que permitem às pessoas procurar ou oferecer carona, numa data e horário específicos, de acordo com as suas necessidades. A ferramenta auxilia na economia de tempo e dinheiro, uma vez que os valores da corrida são divididos pelos próprios ocupantes do veículo. O 'Bla Bla Car' ainda oferece um serviço exclusivo para mulheres.

Leilão virtual

O InstaCarro foca na venda do carro usado em até 1h30. Por meio de uma plataforma de leilão virtual, o proprietário do veículo à venda bate o martelo dentro deste período. Nesse intervalo, ele receberá múltiplos lances de lojas e concessionárias espalhadas por todo o país. Daí, decide a venda. Em caso de arremate, o valor pedido é pago no ato. A startup tem, inclusive, pontos fixos no Rio: no Casa & Gourmet Shopping (Botafogo), Norte Shopping (Cachambi) e Via Parque (Barra da Tijuca), que funcionam das 10h às 16h, de segunda a sábado. Assim como nas outras unidades, os clientes cariocas podem então agendar pelo site a inspeção em um desses pontos e encaminhar o carro para o local. O veículo é ofertado no aplicativo como descrito.

'Tinder' de carros

O App do Automóvel pega carona na paixão do brasileiro por carro e leva a coisa a sério. Pelo aplicativo, vendedores e compradores se conectam sem a intermediação das concessionárias. Funciona exatamente como o aplicativo de paquera: as duas partes se cruzam pelo caminho, avaliam o perfil e a proposta uma da outra. E, se os dois derem 'like', recebem uma notificação de 'match', acabam abrindo caminho para a negociação.

Carona corporativa

A empresa Bynd desenvolveu um aplicativo que estimula a carona corporativa, que coloca funcionários dentro do mesmo veículo. A ideia do aplicativo é proporcionar o benefício do rateio da corrida. Esse tipo de situação pode, inclusive, facilitar o estreitamento de relações fora do ambiente de trabalho. O custo do serviço é arcado pela própria empresa interessada no serviço. A startup, então, cobra uma mensalidade, calculada em cima do número de colaboradores ou de unidades atendidas. "Oferecemos um estudo de mobilidade para a companhia, fazemos ativação, lançamos e mandamos um link para os funcionários, que já conseguem interagir na plataforma e ver para quem podem pedir ou oferecer carona", explica o empresário Gustavo Gracitelli, fundador da empresa.

Últimas de Automania