01 de janeiro de 1970
  • WhatsApp (21) 98762-8248

Tecnologia que transforma

Imitação de pedra e revestimento sobre revestimento são tendências na decoração

Por Cristiane Campos

As tendências na decoração de interiores acompanham o avanço da tecnologia. Com isso, arquitetos e designers podem contar com ainda mais opções para deixar os ambientes charmosos e modernos. Imitações de pedra, madeira, revestimento sobre revestimento e outras formas de cobrir os espaços são algumas propostas. E elas podem ser vistas na mostra Morar Mais por Menos, que vai até 17 de setembro, no CasaShopping, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio.

No 'Espaço Vivência e Convivência', da designer de interiores Virginnia Fraga e da arquiteta May Lee Chaves, foi usado um carpaccio de pedra, que é uma lâmina de pedra sobre uma base de fibra, leve, flexível e fácil de colocar. "Versátil, esse revestimento combina com diferentes estilos e pode ser usado em ambientes ao ar livre, como áreas gourmet e varandas, e também internos, desde salas até outros espaços", explica Virginnia. A facilidade na aplicação e na manutenção é uma das praticidades. "A instalação é feita com cola sem cheiro, de forma extremamente simples, prática e ágil. E o material pode ser limpo sem a utilização de produtos abrasivos ou químicos", diz a arquiteta May Lee.

O geométrico é outra tendência de revestimento. A arquiteta Ana Cano Milman e a designer Erica Saraiva, responsáveis pelo 'Estúdio do Artista' na mostra, criaram uma parede com cimentício hexagonal exclusivamente para o espaço. "A ideia de usar o revestimento hexagonal, além de conferir beleza estética, é dar modernidade ao ambiente. As formas geométricas são forte tendência na arquitetura de interiores e podem ser usadas em vários formatos e aplicações", comenta Ana Cano Milman.

O stucco veneziano é mais uma proposta que está em alta, pois ele dá uma sensação de decoração nobre com desenhos marmorizados e nuances sutis de contraste. A ideia pode ser vista no ambiente 'Quarto da Atriz', das designers de interiores Claudia Saraceni e Lúcia Manhães. A aplicação do material não é difícil e pode ser feita mesmo com os móveis no lugar. Apesar da praticidade, Lúcia orienta contar com o apoio de uma empresa ou profissional especializado. "Como é um material importado, há algumas ferramentas específicas para o manuseio. Mas o melhor é que não faz sujeira e a manutenção é bem fácil. É importante deixar claro que o stucco só deve ser usado em áreas secas", ressalta a designer.

Os tijolos bricks, revestimentos já conhecidos, continuam em evidência e estão presentes na 'Varanda do Cantor', também das designers Claudia e Lúcia. A diferença está na maneira como foram aplicados, fazendo uma sobreposição à parede azul, feita de stucco. "A ideia é provocar o contraponto entre dois elementos distintos: o tijolo brick, que é uma peça comum em obras, mas usada em áreas externas, e o stucco, que é altamente sofisticado. Dessa forma, há uma harmonização no ambiente entre os diversos estilos", explica Claudia.