MAIS DE 70 MIL ESPERAM SALÁRIO DE AGOSTO

Por O Dia

Mais de 70 mil servidores ativos, inativos e pensionistas do estado aguardam o pagamento do salário de agosto, que tinha ser quitado no último dia 15 (décimo dia útil). A esperança dessa parcela do funcionalismo é de que o depósito saia ainda esta semana. E também é esperado, estes dias, que saia a publicação, no Diário Oficial, do edital para o pregão que definirá os bancos que farão o empréstimo de R$ 3,5 bilhões ao Rio. O dinheiros erá para quitar atrasados.

De acordo com a Secretaria de Fazenda, os vencimentos de agosto estão pendentes para 74.725 vínculos, em um total de R$ 384 milhões. E a pasta informou que o depósito ocorrerá de acordo com o resultado da arrecadação.

A Fazenda depositou salários referentes a agosto para quem ganha até R$ 2.744 líquidos por mês. E no dia 15 pagou integralmente quem tem remuneração líquida de até R$ 2.052,00, além dos créditos dos ativos da Educação, bem como todos os que compõem a Segurança (policiais militares e civis, bombeiros, agentes penitenciários e funcionários das secretarias de Segurança e de Administração Penitenciária e órgãos vinculados). Também receberam seus vencimentos as carreiras estratégicas, que são da Fazenda.

Simultaneamente ao trabalho de planejamento para o pagamento de agosto desse grupo que ainda não recebeu, o estado trabalhará intensamente esta semana para antecipar o empréstimo de R$ 3,5 bilhões.

A operação financeira está prevista no plano de recuperação fiscal, e terá aval do Tesouro Nacional. As ações da Cedae serão a contragarantia para o empréstimo. E as conversas com as instituições financeiras já estão avançadas.

A partir do recebimento dos recursos, o estado vai quitar os débitos referentes ao décimo terceiro de 2016 e ao Regime Adicional de Serviço (RAS) que são as horas extras da área da Segurança.

13º DESTE ANO

O governo fluminense também planeja pagar o décimo terceiro deste ano ainda em dezembro. Vale lembrar que a gratificação de Natal começou a atrasar desde 2015. A do ano passado ainda está em débito para 227 mil servidores.

A informação sobre o 13º deste ano foi divulgada pelo secretário Gustavo Barbosa, na quinta-feira. "A intenção do estado é que, tão logo saia essa operação de crédito, o 13º de 2016 seja pago, bem como o RAS da Segurança. Além disso, esse valor daria estabilidade para que, por exemplo, o 13º de 2017 seja pago no mês adequado", disse ele, em entrevista à rádio CBN.

À Coluna, o governador Luiz Fernando Pezão reforçou a intenção, mas não confirmou se a arrecadação será suficiente.

Comentários