Possível volta de Montillo é festejada no Botafogo

Carli e Pimpão apoiam o meia argentino, que pensa em rever a aposentadoria

Por MARCELO BERTOLDO

Principal reforço do Botafogo em 2017, Montillo alimenta o sonho pessoal e de seus admiradores de voltar ao futebol. O Botafogo tem prioridade, caso ele decida abandonar os dias de aposentado. 'Monitorado', o argentino conta com o apoio dos antigos companheiros. O compatriota Carli é um dos incentivadores, assim como Rodrigo Pimpão.

"Muito legal essa iniciativa. A gente o acompanha pelas redes sociais, vê toda dedicação para voltar. Sempre falo que o jogador quando anuncia a aposentadoria logo depois tem vontade de jogar. Se ele resolver voltar ao Botafogo, iremos acolher da melhor maneira possível", disse Rodrigo Pimpão.

O presidente Carlos Eduardo Pereira deixou as portas do clube abertas para uma eventual volta de Montillo. No entanto, essa será uma missão para o novo presidente. Em novembro, o Botafogo elege o mandatário para o próximo triênio. O nome do argentino agrada tanto situação quanto oposição. No entanto, uma possível investida depende de muitos fatores.

Ao lado de Jefferson, Montillo recebia o maior salário: cerca de R$ 400 mil. Além do alto vencimento, a sua forma física ainda nutre desconfiança devido ao recente histórico. No Rio, Montillo tem treinado de segunda a sábado, supervisionado por um grupo de profissionais, para testar os próprios limites antes de tomar qualquer decisão.

A passagem de Montillo pelo Glorioso foi curta e discreta. Prejudicado por uma série de lesões musculares, ele não repetiu o brilho que teve com as camisas de Cruzeiro e Santos. Após 18 partidas e um gol, ele encerrou sua trajetória no Botafogo. Mas esse pode não ter sido o fim.

Galeria de Fotos

Alex Muralha treina no Ninho do Urubu. Na hora da inspeção, ele não estava em casa Gilvan de Souza/Flamengo
O técnico Jair Ventura vive a expectativa de uma possível volta de Montillo ao clube Vitor Silva/SSPress/Botafogo.

Comentários

Últimas de Esporte