Suspeito de matar comandante é preso

Por O Dia

Jair Bolsonaro no 'The Bate-boca'
Jair Bolsonaro no 'The Bate-boca' - Reprodução do YouTube

Um dos suspeitos de matar o comandante do 3º BPM (Méier), coronel Luiz Gustavo Teixeira, 48 anos, foi preso na tarde de ontem. Segundo a Polícia Militar, o homem foi detido no Complexo do Lins, e encaminhado para a Delegacia de Homicídios (DH/Capital). Até o fim da noite de ontem, ele ainda não tinha tido a identidade revelada pela polícia.

Familiares e amigos do coronel fizeram ontem, uma passeata pela paz nas ruas do Méier e Lins de Vasconcelos. Com flores, balões brancos e cartazes, o grupo saiu do Colégio QI, no Méier, e seguiu até o local onde o comandante foi assassinado, na Rua Hermengarda.

O coronel foi morto a tiros dentro de uma viatura descaracterizada na quinta-feira. Outro PM também ficou ferido na ação. O cabo Nei Filho, que dirigia o veículo, foi atingido na perna.

Desde quinta, a PM tem feito operações no Complexo do Lins. Ao todo, 15 suspeitos foram presos e um menor detido. Em balanço divulgado ontem, duas pistolas, drogas e três motos roubadas foram apreendidas.

Galeria de Fotos

O ministro Ricardo Barros Marcello Casal Jr/Agência Brasil/31.10.11
Jair Bolsonaro no 'The Bate-boca' Reprodução do YouTube

Comentários

Últimas de Rio De Janeiro