Secretário critica aliados

Por O Dia

Durante evento em São Paulo, o secretário de Previdência, Marcelo Caetano, além de criticar a pressão de deputados aliados por novas mudanças no texto da PEC 287, como a redução na idade mínima de aposentadoria para 60 anos, no caso dos homens, e 58 anos, para as mulheres - ao invés de 65 anos (homens) e 62 anos (mulheres) da proposta encaminhada, defendeu que a Reforma da Previdência passe a valer para todos que estão no mercado de trabalho e quem ainda vai entrar.

Segundo ele, a ideia de a reforma valer apenas para quem passar a trabalhar agora adiaria em 30 anos seus impactos iniciais. O secretário destacou que a PEC 287, mesmo depois das mudanças, manteve o foco na equidade dos benefícios entre trabalhadores da iniciativa privada e do funcionalismo público.

Comentários

Últimas de Economia