PSDB negocia com Temer para colocar tucano no lugar de Eduardo Cunha

Dirigentes do PSDB querem impedir a eleição de um novo sucesso ligado ao político afastado

Por O Dia

Brasília - Dirigentes tucanos já negociam com o vice-presidente Michel Temer um acordo político para conseguir eleger o deputado federal Antônio Imbassahy (PSDB-BA) para a vaga de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) no comando da Câmara.

Deputado Antonio Imbassahy (BA)%2C líder do PSDB na CâmaraLarissa Ponce/Agência Câmara

As conversas foram antecipadas por causa da decisão do Supremo Tribunal Federal de suspender o mandato de Cunha. A ideia dos tucanos, que teria a simpatia de Temer, é impedir que Cunha, mesmo afastado do posto, eleja um sucessor ligado politicamente a ele. A informação foi divulgada nesta sexta-feira pelo Estadão

Eduardo Cunha quer para sua sucessão Rogério Rosso (PSD-DF) ou Jovair Arantes (PTB-GO). O grupo do peemedebista avalia que, se ele renunciar logo, será mais fácil eleger um aliado, surfando no corporativismo da Casa. Se demorar, Cunha será esquecido em 15 dias.

Últimas de Brasil