Temporal atinge Santos

Ondas chegaram a 2,6 metros e ressaca inunda garagens de prédios da orla

Por O Dia

Rio - Um forte temporal e uma ressaca atingiram o litoral de São Paulo, na madrugada de ontem, e ondas de 2,6 metros chegaram às praias de Santos. Na região da Ponta da Praia, as garagens de prédios que ficam na orla foram inundadas.

A forte chuva deixou municípios da Baixada Santista debaixo de águaReprodução

O temporal, com ventos de 82 km/hora, atingiu o litoral santista entre domingo e madrugada de segunda. No final da tarde de ontem, a forte chuva voltou a se repetir, com a água do mar já invadindo a avenida Bartolomeu de Gusmão, que fica na orla. Em um dos prédios, os veículos na garagem estão cobertos da água do mar, e guinchos não conseguem alcançá-los.

Segundo balanço inicial da Defesa Civil dos municípios da Baixada Santista, há entre 60 e 80 carros que ainda estão submersos ou motos que foram arrastados. Dois trailers foram invadidos pela água, além de um contêiner de construção civil. Não há pessoas feridas nem desabrigadas.

Árvores foram derrubadas e a travessia de balsas entre Santos e Guarujá chegou a ser interrompida duas vezes. A chegada de uma frente fria provocou a mudança no tempo e também queda na temperatura para 17ºC.

Últimas de Brasil