Operação da PF na fronteira com o Uruguai prende quatro por tráfico de drogas

Cerca de 100 policiais atuam na ação. 'Redoma' já indiciou 34 pessoas

Por caio.belandi

Rio Grande do Sul - A Polícia Federal (PF) deflagrou nesta quinta uma operação para desarticular uma organização criminosa que atuava no tráfico de drogas na fronteira do Rio Grande do Sul com o Uruguai. A operação foi batizada de Redoma e mobiliza cerca de 100 policiais.

A atuação do grupo é investigada desde julho deste ano. A PF identificou que os criminosos adquiriam cocaína, crack e maconha de traficantes nos municípios de Guaíba e Uruguaiana. Em seguida, a droga era transportada em veículos alugados para ser distribuída nos municípios de Quaraí e Santana do Livramento.

Os policiais federais cumprem hoje 12 mandados de prisão, três de condução coercitiva e 17 de busca e apreensão nos quatro municípios gaúchos onde o grupo agia. Até o momento, segundo a PF, quatro pessoas foram presas em flagrante. Os agentes também apreenderam drogas, armas e munições.

A PF já indiciou 34 pessoas no âmbito da operação Redoma pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico, corrupção de menores, tentativa de homicídio, furto e roubo.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia