Festival do Rio continua a todo vapor: confira destaques

Com 250 títulos, a mostra carioca adianta o que teremos em breve no cenário nacional, com a Première Brasil

Por O Dia

Rio - Além das estreias da semana, o Festival do Rio continua a todo vapor. O que não falta é opção para todos os gostos cinéfilos. Com 250 títulos, a mostra carioca adianta o que teremos em breve no cenário nacional, com a Première Brasil. Além de ser uma das únicas chances de assistir a produções de histórias bem distantes de nós, de mais de 60 países.

João Paulo Cuenca investiga como foi dado como morto pela polícia%2C em ‘A Morte de J.P%2C Cuenca’Divulgação

Hoje, às 16h45, no Centro Cultural Justiça Federal, será exibido ‘A Morte de J.P. Cuenca’. Dirigido pelo escritor que dá nome ao longa, a trama é uma mistura de ficção e documentário, nascida de uma situação real: Cuenca descobriu seu próprio atestado de óbito, em 2011.

Amanhã, no Cinépolis Lagoon, às 16h30 e 21h, tem projeção da ficção científica, ‘The Lobster’. Com direção do grego Yorgos Lanthimos, a produção conta também com elenco Hollywoodiano, com atores como Colin Farrell e Rachel Weisz, que interpretam uma trama surreal: no futuro, a lei proíbe que as pessoas fiquem solteiras. Quem não encontra o seu par, é transformado em um animal de sua preferência e solto no na Floresta.

Para quem prefere ficar mais próximo à realidade, os documentários também tem espaço garantido. ‘Cronica da Demolição’ revela — às 13h, de amanhã, no Odeon, e às 14h e 19h, de domingo no Kinoplex São Luiz — a investigação do diretor Eduardo Ades sobre a mudança arquitetônica e urbana do Rio, a partir da queda do Palácio Monroe, parte da Cinelândia, até 1976.