Cidade Nova tem bar em homenagem aos sambas enredos cariocas

Estabelecimento tem no cardápio pratos que foram pedidos pelos fregueses

Por O Dia

Rio - Sabe quando você entra num bar e pensa: como é que ninguém havia pensado nisso antes? Pois é esta a reação ao entrar no Baródromo, um tesouro achado pelos amigos Aydano André Motta e Anderson Baltar nos arredores da Marquês de Sapucaí.

É bar que dá medo, pois a vontade é de passar o dia todo ali. Se você gosta de escola de samba, não perca tempo. É lá sua morada. Parece restaurante, mas é um barzão. Parece bistrô, mas não é. Parece lounge temático, mas na verdade, felizmente, não é nada disso. É apenas um ótimo bar, bem decorado, com bom gosto e que toca samba o dia todo. O paraíso.

Bifão vem grosso como zagueiro do Olaria%2C num bar (per)feito para quem gosta de samba de enredoMaira Coelho

Os pratos foram pedidos pelos fregueses. Cada dia da semana tem duas opções diferentes, exceto sextas, onde temos o Aquarela Brasileira (Feijoada), Bumbum Paticumbum (Alcatra acebolada com baião e aipim) e a Lenda das Sereias (peixe com alcaparra, arroz com castanha e batata corada na manteiga).

E o que dizer da Velha Guarda, presente todos os dias em forma de bife de contra filé (aliás, que bife!!!), de filé mignon, copa lombo ou peito de frango, com aqueles acompanhamentos tradicionais e muito bem feitos.

Tem o quesito harmonia, com as saladas batizadas pelas eternas musas da Sapucaí Luma, Viviane, Monique e Brunet (a Luiza, não o Daniel, muito obviamente).

Ou seja, é um bar que tem tudo o que a gente precisa para que o ano, aquele aborrecido intervalo entre dois carnavais, como diz o Aydano, passe mais leve.

Para não dizer que ali é o resumo da perfeição, faltou no cardápio uma referência à primeira escola na história do Marquês, que na Sapucaí é soberana. A Deusa da Passarela, Beija-Flor de Nilópolis. Mas é compreensível, afinal, teria de colocar algo tipo ratos e urubus no cardápio. Mesmo eu sendo Beija-Flor na alegria e na dor, confesso que seria um pouco demais.

Ah, e as cervejas. Bem, tem estoque e variedade suficientes para passar a tarde inteira lá, cantando todos os sambas, fazendo vergonha e sendo feliz. Vá com sede.

O Baródromo fica na Rua Laura de Araújo, 102, na Cidade Nova. Abre de segunda a sexta somente para almoço, e nas sextas reabre às 17h. Hoje, devido aos desfiles, estará fechado. Mas semana que vem volta com força e no dia 20 tem a feijoada das campeãs, da Rádio Arquibancada. Aceita tudo. Liga lá: 2504-5754

Últimas de Diversão