Nos embalos de segunda à noite com Xuxa

Ex-paquita, Bianca Rinaldi volta a dividir o palco com a loura no 'Dancing Brasil'

Por O Dia

Rio - Bianca Rinaldi fez novelas, foi apresentadora e também já provou que sabe cantar. Mas se tem um lugar especial, onde tudo isso começou para a estrela, este com certeza foi o palco da Xuxa. “Ela mora no meu coração, são muitos anos de convivência, de conhecimento”, diz a artista, que foi paquita da rainha na década de 1990.

Cinco anos depois, cada uma foi para um lado. Mais de 20 anos se passaram. E agora, o reencontro. No ‘Dancing Brasil’, programa que Xuxa apresenta, Bianca é uma das participantes do reality e está mostrando que o jeito para a dança não ficou no passado, apenas para entreter o público infantil. “Eu achava que sabia dançar, achava que eu tinha um trelelê, mas estou aprendendo ainda”, diz.

Bianca Rinaldi com Xuxa e o coreógrafo e dançarino Tutu MorasiDivulgação

Humilde, Bianca só faz charme, pois os números mostram o quanto está evoluindo. Na última segunda-feira, a atriz conseguiu a maior pontuação na disputa. “Eu sempre gostei de dançar, a música sempre esteve presente na minha vida. Tanto no lado pessoal, quanto no profissional”, conta ela. “Quando eu me preparo para um papel, a primeira coisa que eu faço é escolher a música do personagem”, revela Rinaldi.

Foco na dança

Totalmente focada, a cada novo passo a atriz se supera, como se estivesse dentro de um musical. “É uma oportunidade de ouro para eu aprender a dançar com técnicas. No palco tem a dança, a música, a interpretação, a luz e o público. É maravilhoso”, afirma.

Casada com um argentino, a loura está ansiosa para o dia em que for dançar tango no palco da Record, nos estúdios do Rio de Janeiro. “Eu acho muito difícil tecnicamente, é uma dança bem específica. Mas faço questão de aprender direitinho para poder oferecer ao meu marido”, explica ela, ao revelar a principal dificuldade das coreografias.

"Quando junta a perna com o braço, sem esquecer de sorrir e pensar, confunde um pouco. Mas acho que a persistência, a dedicação e o foco são o que faz você conseguir se sair bem, sem uma lesão na costela”, brinca a atriz, aos risos.

Com os laços estreitados entre Bianca e a emissora de Edir Macedo, pode ser que a ‘estadia’ da artista na Record dure mais do que a duração do ‘Dancing’, previsto para acabar em junho.

“A gente está conversando sobre isso. A ideia é que eu volte a longo prazo, mas vamos por partes. Vamos focar no ‘Dancing Brasil’, por enquanto”, entrega a mais nova bailarina da TV.

Reportagem de Bárbara Saryne (Diário de S. Paulo/Agência O DIA)

Últimas de Diversão