Por thiago.antunes

Rio - A matriz de Tânia Mara é o sertanejo. Não só no estilo musical, mas também na turma de amigos. Lançando o clipe (com 300 mil visualizações) e o single de ‘Teu Lugar’, com Marcos & Belutti, ela tinha uma balada sertaneja toda especial na casa dela, em São Paulo, na década de 1990. Só que, em vez de bebida e pegação, o que a turma encontrava era muito trabalho.

“Os meus amigos viviam loucos para comer a comida da minha mãe: ‘E aí, quando é que a gente vai comer a galinhada da Dona Cida?’”, brinca Tânia, que tinha como amigos e parceiros Marcos, da dupla com Belutti, Nivardo Paz (que compõe com ela até hoje) e duas das mais novas sensações femininas do sertanejo, a dupla Simone & Simaria. Pouco antes disso, ainda na adolescência, tinha se mudado com a família de Brasília para São Paulo.

'Peço muito opinião do Jayme. Ele é um cara muito crítico em relação ao meu trabalho. Ele pega pesado mesmo%2C fala tudo'Divulgação

“Somos todos amigos dessa época de ralação. A gente se encontrava para compor, só pensava em música. O Marquinhos (Marcos) tinha outra dupla, a Simone e a Simaria cantavam com Frank Aguiar. Eu e Nivardo temos um projeto juntos. Participei do DVD dele, ele vai produzir umas faixas para mim”, conta.

“Hoje é a maior alegria ver todo mundo fazendo sucesso. Participei do DVD das meninas (Simone e Simaria), foi bem legal. Me emocionei muito, conheço bastante a história delas. A gente era muito dedicado, até falavamos que enquanto a galera saía, a gente ficava compondo, fazendo música. Sempre achamos que a hora iria chegar”.

O clipe foi realizado em família: ‘Teu Lugar’ (que sai nas plataformas digitais pela Universal) teve direção do ator Rafael Almeida, seu irmão, e a participação de sua irmã, Roberta Almeida, que contracena com o ator Bernardo Velasco. Se o excesso de trabalho deu uma afastada compreensível na convivência da turma de amigos, na família também rola conflito de agendas.

“O Rafael está superocupado, cada vez mais. A gente tenta sempre participar das coisas dos outros. E até o Jayme (Monjardim, seu marido e diretor de novelas da Globo) também está ocupadíssimo por causa de ‘O Vendedor de Sonhos’ (adaptação para o cinema do livro de Augusto Cury, que ele dirige). A gente se vê dois dias por semana!”, espanta-se Tânia, que dribla a distância com todo mundo.

No caso do marido, é só fazer uma música nova, ter uma ideia para um clipe ou fazer qualquer coisa de trabalho, que pega o celular e manda um Whatsapp. “Peço muito a opinião dele. Jayme é um cara muito crítico em relação ao meu trabalho. Ele pega pesado mesmo, fala tudo”.

Com sete gravações incluídas em trilhas de novelas, Tânia costuma receber críticas de favorecimento por ser casada com Monjardim. “Mas não é com essa facilidade toda que uma música entra em novela, nem depende só dele. O Jayme é muito tímido, ele nem sairia pedindo”, conta ela, dizendo que um de seus maiores contatos na hora de sugerir músicas para as tramas televisivas é o autor Manoel Carlos (gravações suas entraram em trilhas como ‘Viver a Vida’ e ‘Em Família’).

Acima%2C Tânia Mara com o marido%2C Jayme Monjardim%2C e a filha%2C MaysaDivulgação

“Corro atrás, mando direto para ele. Mas o Jayme no máximo vai te dar a vara, e você é quem vai pescar. Eu é que tenho que correr atrás. Eu e essa turma de amigos sempre fomos de ir lá falar, de não ter vergonha. Já tenho o não, vou atrás do sim!”, conta, rindo.

“Já teve muita música que mandei achando que fosse dar certo em alguma novela e não deu, não casava com o personagem. Sempre curti muito trilha de novela e, quando faço uma música, não penso só no rádio. Tento pensar nela com uma história junto”, diz.

A pequena Maysa

Com um canal recém-criado no YouTube, @TaniaMaraVEVO, uma das grandes alegrias de Tânia é o canal que ela criou para sua filha com Jayme, Maysa, de 5 anos. Batizada com o nome da avó paterna (a cantora Maysa, morta em 1977), ela acompanhava canais de crianças no YouTube e pedia o tempo todo para os pais para virar youtuber. Conseguiu e há nove meses nasceu o Mundo Cor de Rosa da Maysa.

“No começo eu não queria deixar, mas ela me convenceu. Ela é muto carismática, não dava para segurar. Mas o principal na vida dela é a escola e a obrigação dela é estudar. Já chamaram a Maysa para fazer novela, e a gente não deixou. Tenho certeza de que se o canal fosse um trabalho para ela, ia perder a graça”, conta Tânia.

No canal, Maysa ensina a fazer cupcake, propõe desafios para os espectadores, janta com os atores teen Larissa Manoela e João Guilherme e até ensina como arrancar um dente, num “filme” feito de brincadeira pela família. “Ela teve essa sacada, mas isso foi uma forma de ela me enrolar para não arrancar logo o dente”, brinca a mãe.

A avó ilustre é uma presença distante na vida da menina. “Ela viu trechos da minissérie da Globo (‘Maysa’), momentos da avó cantando, fala que a avó virou estrelinha. Por causa disso, ela está tendo já alguma consciência da morte. Tentamos passar isso para ela de forma leve, mas a Maysa é muito inteligente, saca tudo”.

Você pode gostar