'O Aprendiz - O Retorno': Justus dá uma segunda chance aos demitidos

Ex-participantes retornam ao programa para disputar prêmio de R$ 1 milhão e uma vaga numa das empresas comandadas pelo empresário

Por O Dia

Rio - “Você está demitido”. O bordão que consagrou Roberto Justus na TV volta a ser repetido a partir de hoje, às 23h, na Record. Em ‘Aprendiz — O Retorno’, o apresentador reúne 16 ex-participantes (oito homens e oito mulheres) do programa, que ganham agora uma nova chance para conquistar o prêmio: R$ 1 milhão e uma vaga numa das sete empresas comandadas pelo empresário, com um salário de R$ 20 mil. 

Roberto Justus acredita em segundas chancesDivulgação


Todos os concorrentes foram demitidos em edições anteriores, mas tinham, segundo Justus, potencial para ir mais longe. “Escolhi 13 que foram demitidos por mim e outros três que participaram do programa com o João Dória Jr. Quem desistiu, seja por problema de saúde ou porque pediu para sair, ou me demitiu, não chamei”, explica ele, lembrando o ex-participante Peter Collins, que o demitiu na edição de 2006.

Desta vez, os candidatos vão ficar confinados por 50 dias no hotel, e não por três meses como nas outras edições. As provas serão mais curtas e não haverá viagens. Os conselheiros Walter Longo e Renato Santos vão ajudar Justus no momento mais tenso, a sala de reunião, onde acontecem as demissões.

Últimas de Televisão