Técnico da seleção italiana será julgado por fraude esportiva

Antonio Conte é um dos 104 acusados pela Procuradoria de Cremona

Por O Dia

Antonio Conte é investigado na ItáliaDivulgação

Itália - O técnico da seleção italiana de futebol, Antonio Conte, precisará responder a um processo por fraude esportiva, anunciou nesta terça-feira (07) a Procuradoria de Cremona. Além do treinador, outras 103 pessoas precisarão responder por diversos crimes ligados à manipulação de resultados.

LEIA: Cristiano Ronaldo encontra celular, vai atrás da dona e a convida para jantar

A acusação dos procuradores refere-se à partida entre AlbinoLeffe e Siena do dia 29 de maio de 2011, quando Conte era treinador do time toscano. Outro jogo que estava sendo investigado, entre Novara e Siena (30 de abril de 2011), que envolvia o técnico, não teve nenhuma ação. O procurador Roberto Di Martino pediu o arquivamento do caso e retirou também a acusação de associação para conspiração.

Neste caso, a participação do treinador não foi comprovada e apenas dirigentes responderão pelo processo.

Segundo a Procuradoria, são 60 confrontos em que há, ao menos, uma pessoa processada por manipulação - mas há suspeitas de irregularidades em mais de 200 jogos, entre os quais está Napoli e Chievo do dia 31 de maio, que terminou em 3 a 0.

Últimas de Esporte