Vale a pena jogar como Flamengo

Rubro-Negro deve atacar o Santos neste domingo

Por O Dia

Rio - Nos últimos tempos, o Flamengo tem se angustiado com a questão tática, sem convicção sobre correr o risco ou não de jogar ofensivamente. Só que nas circunstâncias atuais — que são favoráveis — não há outra saída se não atacar muito, como se fosse o Flamengo dos sonhos da torcida. As coisas conspiram a favor: o Santos não ganha há muito tempo fora de casa, o time hoje tem bons jogadores no setor ofensivo, mesmo sem Cirino (Guerrero segura uns dois zagueiros) e a torcida provavelmente vai proporcionar o recorde de renda do campeonato. E que poderia ser muito maior se não existissem as exageradas limitações atuais. Ao contrário do que aconteceu em outros jogos frustrantes, o Flamengo está com a faca e o queijo na mão para uma grande vitória, desde que os jogadores obedeçam a uma certa disciplina na compactação de espaços ao perder a bola. Talvez haja certo exagero de Sheik ao dizer que está em curso a reação para o título, mas o jogo de hoje pode ser boa referência para marcar a nova força do time e a sua luta para, ao menos, chegar ao G-4.

Flamengo deve ir para cima do SantosMárcio Mercante

COADJUVANTE

A estreia de Ronaldinho foi positiva até pela participação no gol de Marcos Junior. Depois de dois meses parado, ele pode ter sentido falta de jogo, mas, na fase final, contra um adversário com um a menos, até mostrou boa forma física. Em uma falta e dois escanteios, confirmou que também pode ajudar muito na bola parada. Mas dá a impressão de que a sua performance vai depender do momento do time porque não é mais protagonista e, sim, coadjuvante de luxo.

NA EMERGÊNCIA

Faltam ainda 22 rodadas para terminar o campeonato, mas a situação do Vasco já está pra lá de dramática.Nessas partidas, terá que ganhar pelo menos a metade para chegar aos 45 pontos, patamar mínimo que provavelmente evitará o rebaixamento. Para um time tão vulnerável na defesa e que raramente faz gols, missão quase impossível. O próximo jogo será no Maracanã contra o Joinville. Em tese, o mais fácil de todos. Se não faturar, fecha pra balanço e nem Eurico vai segurar Roth.

ESTRANHO ENCONTRO

Zico foi ao encontro de Marco Polo del Nero e ficou satisfeito com o apoio recebido para os seus desejos de presidir a Fifa. Na atual situação, era o que restava ao cartolão para tentar sair menos chamuscado da crise. Mas ele sabe que as chances de Zico são escassas por sua falta de embasamento político, e o Galinho deve ter certeza de que o seu apoio, além de oportunista, é espúrio. Seria melhor esperar a chance de fazer oposição à CBF para a sucessão e, no futuro, sair para a Fifa.

GRANDE RESULTADO

A torcida do Fluminense compareceu em bom número e saiu satisfeita, principalmente pelo grande resultado em cima do Grêmio, um adversário direto,que devolveu o time ao G-4 </CW>No primeiro tempo, o Flu teve maior volume de jogo, mas sem criar grandes chances e o Grêmio, nos contra-ataques, levava mais perigo. No segundo tempo, o Fluminense, depois da expulsão de Walace, e com Ronaldinho mais recuado, foi melhor e justificou a vitória em partida apenas sofrível.

DESSE JEITO, O BOTAFOGO NÃO VAI SAIR DA SÉRIE B

O Botafogo pode continuar líder da Série B, mas caiu tanto de produção que a sua performance se compara, em cinco rodadas, aos piores da divisão. Neste sábado, foi um repeteco da tenebrosa exibição contra o Criciúma. Esse grupo de garotos foi jogado no fogo,é imaturo demais e ninguém sabe por que os uruguaios esquentam o banco. Se não houver uma mudança de postura ou uma ou duas contratações fortes, a liderança logo será perdida e, adiante, virá o desastre.

Últimas de Esporte