Talismã volta a brilhar, Vasco empata com o Fla e avança na Copa do Brasil

Rafael Silva sai do banco para ser o herói do Cruzmaltino

Por O Dia

Rio - A estrela de Rafael Silva demorou apenas dois minutos para brilhar. Foi o tempo em que ele precisou, após sair do banco, para ser o herói do Vasco de novo. Talismã no Carioca, o atacante voltou a ser decisivo. Agora, fez o gol de empate que garantiu a classificação para as quartas de final da Copa do Brasil: 1 a 1 com o Flamengo, nesta quarta-feira, no Maracanã. Um empate com gosto de vitória para o Vasco, soberano em clássicos nesta temporada. Agora, aguarda o próximo adversário - será definido em sorteio - e ganha moral para brigar pela salvação no Brasileiro.

Talismã%2C Rafael Silva brilha de novo e empata para o VascoErnesto Carriço / Agência O Dia

O Vasco riu por último. Após ouvir as declarações de rivais - Guerrero afirmou que gostaria de passar por cima do adversário e que seria 3 a 0, a resposta foi em campo. A classificação está garantida.

FOTOGALERIA: As imagens da classificação do Vasco no Maracanã

Oswaldo de Oliveira falou que estava na moda falar mal da defesa do Flamengo. Porém, a zaga rubro-negra vacilou mais uma vez. Agora, um erro que resultou na eliminação da Copa do Brasil. Rafael Silva ficou livre em jogada aérea. O Fla até começou bem o jogo, mas sentiu a saída de Guerrero e Ederson ainda no primeiro tempo. Resta ao Rubro-Negro o Brasileiro e o sabor amargo de ser eliminado pelo rival de novo, como aconteceu no Carioca.

LEIA MAIS: Eurico ri por último e provoca: 'O Flamengo é um velho freguês'

Jorginho optou pela mesma escalação da vitória do primeiro jogo. No Flamengo, Oswaldo de Oliveira promoveu o retorno de Paulo Victor, recuperado de lesão, ao gol. A outra mudança foi a entrada de César Martins na zaga, no lugar do suspenso Wallace.

LEIA MAIS: Rafael Silva revela pedido de Jorginho: 'Entra lá e decida o jogo para mim'

O Vasco volta a campo no sábado para enfrentar o Figueirense, às 18h30, no Maracanã. O Gigante da Colina tenta reagir no Brasileiro para escapar do rebaixamento. O Rubro-Negro joga no domingo, às 16h, contra o Sport, na Arena Pernambuco.

O jogo

O Flamengo partiu para cima do Vasco. No primeiro minuto, Ederson chutou de fora da área, para fora. A pressão inicial deu certo. Jorge ficou com rebote após cobrança de escanteio e chutou cruzado. A bola bateu em Madson e entrou. O gol foi polêmico. O árbitro Wilton Pereira Sampaio chegou a fazer sinal de anular o lance após aceno do bandeira, mas voltou atrás e validou o gol. Na jogada, César Martins voltava de posição irregular e fez corta-luz antes de a bola bater em Madson e morrer no fundo da rede. O lance foi legal.

Oswaldo de Oliveira vibra com Jorge após o gol do FlamengoAndré Mourão / Agência O Dia

O Vasco respondeu em cobrança de falta de Rodrigo. Paulo Victor quase se enrolou, mas fez a defesa. O Flamengo perdeu Guerrero. Serginho, sem querer, caiu em cima do tornozelo direito do peruano. Paulinho entrou no lugar do artilheiro. Oswaldo de Oliveira precisou fazer a segunda mudança. Ederson sentiu um problema muscular na coxa esquerda. Marcelo Cirino, que voltou de lesão, entrou.

Guerrero saiu de maca e deu lugar a PaulinhoAndré Mourão / Agência O Dia

O clássico ganhou em emoção. Jorge Henrique invadiu a área, mas tentou cavar o pênalti em vez de seguir a jogada. O Flamengo apostava no contra-ataque, mas faltou caprichar no último passe e na finalização. O Rubro-Negro foi para o intervalo em vantagem.

LEIA MAIS: Jorginho elogia dedicação e exalta estrela iluminada de Rafael Silva

O Vasco passou a se arriscar mais no segundo tempo e a ter mais posse de bola. O empate quase aconteceu em um abafa aéreo. Em falta cobrada pela direita, Paulo Victor saiu mal, a bola ficou "viva" e Anderson Salles completou para o gol. Jorge salvou em cima da linha. Na sequência, César Martins afastou, mas a bola voltou para Salles cabecear. Desta vez, Paulo Victor salvou com uma defesa arrojada.

LEIA MAIS: Vasco provoca o Flamengo após elminação: 'O caô foi resolvido'

O Flamengo respondeu com um chute de fora da área de Paulinho. Martín Silva mandou para escanteio. O Vasco fez a primeira alteração. Thalles entrou no lugar de Riascos. Cada minuto que passava tornava o jogo mais dramático. Jorginho mudou de novo: Rafael Silva na vaga de Jorge Henrique. A estrela do atacante brilhou mais uma vez. Ele ficou livre após cobrança de falta e cabeceou para o fundo da rede: 1 a 1.

Rafael Silva se transformou no herói da classificação do Vasco na Copa do BrasilErnesto Carriço / Agência O Dia

Sheik teve a chance de deixar o Flamengo na frente, mas chutou para fora. A situação do Rubro-Negro piorou com a expulsão de Pará. Ele recebeu o amarelo pela falta que originou o gol e depois cometeu outra infração, levando o vermelho. O Fla tentou ir para o abafa, mas sem organização e amargou a eliminação para o rival. O Vasco, que ouviu as provocações, riu por último e está classificado.

FICHA TÉCNICA

VASCO 1X1 FLAMENGO

Estádio: Maracanã
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio
Gols: Madson (Vasco, gol contra, aos 4' do 1ºT) e Rafael Silva (Vasco, aos 36' do 2ºT)
Cartão amarelo: Márcio Araújo, Jorge, Emerson Sheik e Paulinho (Flamengo) e Anderson Salles e Rafael Silva (Vasco)
Cartão vermelho: Pará (Flamengo)

VASCO: Martín Silva; Madson (Jean Patrick, aos 38' do 2ºT), Rodrigo, Anderson Salles e Christianno; Guiñazu, Serginho, Julio dos Santos, Nenê e Jorge Henrique (Rafael Silva, aos 34' do 2ºT); Riascos (Thalles, aos 26' do 2ºT); Técnico: Jorginho.

FLAMENGO: Paulo Victor; Pará, César Martins, Samir e Jorge; Márcio Araújo, Canteros e Ederson (Marcelo Cirino, aos 33' do 1ºT); Everton (Jonas, aos 35' do 2ºT), Emerson Sheik e Guerrero (Paulinho, aos 17' do 1ºT); Técnico: Oswaldo de Oliveira.

Últimas de Esporte