Flamengo deixa título escapar e Deivid lamenta resultado: 'Deixamos a desejar'

Auxiliar-técnico de Luxemburgo analisa atuação do Rubro-Negro no jogo contra o Nova Iguaçu e projeta uma equipe forte para encarar o Vasco no próximo domingo, às 16h, no Maraca

Por O Dia

Rio - Foi por pouco que o Flamengo não soltou o grito de campeão da Taça Guanabara. O Rubro-Negro, que vinha embalado no Estadual, deixou a desejar no empate com o Nova Iguaçu, nesta quarta-feira, no Moacyrzão. Insatisfeito com o resultado, o auxiliar-técnico Deivid lamentou o ocorrido e apostou em um time forte diante do Vasco pelas semifinais.

"É doído não ganhar, mas acho que já passou. Amanhã, temos que esquecer e nos preparar para domingo. Claro que ficamos tristes por não ganhar o título, até pelo grande jogo que fizemos diante do Fluminense, mas não conseguimos concretizar a vantagem. Futebol se ganha dentro das quatro linhas e não achando que é maior. Se não realizar um grande jogo, acaba ficando para trás", afirmou Deivid.

Deivid mostra nervosismo à beira do campoAndré Mourão

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Flamengo

A equipe rubro-negra é composta por dois atacantes (Marcelo Cirino e Alecsandro) que lideram a artilharia do Estadual. Mas, nesta quarta-feira, o ataque não foi útil ao time e deixou a desejar.

"Foi passando o tempo e a ansiedade aumentou. Se tivéssemos jogando da mesma forma desde o primeiro minuto, sairíamos com a vitória. Futebol se ganha dentro das quatro linhas. Não adianta achar que vai ganhar porque é grande. Se não tiver atitude e personalidade para jogar, principalmente no Flamengo, as coisas acabam indo para o lado errado", acrescentou.

LEIA MAIS: Notícias, resultados e bastidores do Campeonato Carioca

Com 36 pontos e o segundo lugar na tabela do Campeonato Carioca, já que o Botafogo ficou com a liderança e o título por critério de desempate, o Flamengo volta a campo contra o Vasco, às 16h, neste domingo, pelas semifinais. O Rubro-Negro tem a vantagem do empate nos dois jogos com o Cruzmaltino.

"Um jogo contra o Vasco envolve muitas coisas. Seja quem for, temos que entrar para ganhar. O Flamengo tem que sempre pensar em vitórias, em conquistas. É muito triste porque a taça estava nas nossas mãos e deixamos escapar", finalizou.