Diante do Salgueiro, Fla cura ressaca e elimina jogo de volta na Copa do Brasil

Rubro-Negro derrotou a equipe pernambucana por 2 a 0

Por O Dia

Pernambuco - Nada melhor do que uma classificação para curar a ressaca. Três dias depois de ser eliminado pelo Vasco no Carioca, o Flamengo derrotou o Salgueiro, de Pernambuco, por 2 a 0, na Copa do Brasil e garantiu sem a necessidade de um confronto de volta a vaga na terceira fase da competição nacional.

Na próxima eliminatória, o Rubro-Negro terá pela frente o vencedor de um duelo ainda indefinido. O Náutico está garantido na segunda fase, mas ainda aguarda quem vai passar de Paraná e Jacuipense, para saber qual será o seu rival. 

Arthur Maia abriu o placar para o FlaGilvan de Souza

O JOGO

O Flamengo começou a partida contra o Salgueiro como se tivesse esquecido completamente a eliminação para o Vasco, no Carioca. Com seis minutos, o Rubro-Negro já havia perdido duas grandes chaces de gol com Éverton. Em ambas, o jogador recebeu em boas condições, mas acabou finalizando para fora.

LEIA MAIS: Apesar da classificação, clima começa a pesar para Luxemburgo

Com o tempo, o ímpeto do Rubro-Negro foi reduzido, porém, a equipe pernambucana não conseguiu criar nenhum tipo de resistência. Aos 24 minutos, Anderson Pico fez bela jogada individual, passando por três adversários, e finalizando para boa defesa do goleiro, Luciano.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Flamengo

Antes do intervalo, o Flamengo abriu o placar. Arthur Maia fez bela jogada e lançou Marcio Araújo, o volante foi no fundo e rolou para o apoiador, que finalizou caindo, a bola pegou velocidade e venceu o arqueiro do Salgueiro, colocando o time carioca em vantagem.

Na volta para o segundo tempo, o Fla retornou com um ritmo avassalador e com dois minutos fez mais um gol. Anderson Pico deu belo passe para Cirino, o atacante tocou por cima de Luciano e saiu para o abraço.

Com a vantagem do Flamengo, a partida ficou mais aberta. Lúcio, ex-jogador do Palmeiras, levou o Salgueiro ao ataque, com um belo cruzamento, Bressan cortou errado a bola e quase matou Paulo Victor. Logo depois, o clube carioca respondeu, Everton lançou Marcelo Cirino, que bateu forte, carimbando a trave do time pernambucano.

Nos últimos minutos, o Fla ainda teve outras oportunidades de ampliar, mas os jogadores acabaram não caprichando tanto nas finalizações. O Salgueiro abusou de cruzamentos e não conseguiu passar pelo goleiro Paulo Victor. Vitória e classificação rubro-negra asseguradas.


FICHA TÉCNICA
SALGUEIRO (PE) 0 X 2 FLAMENGO

Local: Cornélio de Barros, Salgueiro (PE)
Data-Hora: 22/4/2015 - 22h00 (de Brasília)
Árbitro: Guilherme Ceretta de Lima (SP)
Auxiliares: Danilo Ricardo Simon Manis (SP) e Fabio Rogério Baesteiro (SP)
Renda e público: Não divulgados
Cartões amarelos: Moreilândia (SAL); Jonas (FLA)
Cartão vermelho: Gabriel 39'/2°T
Gols: Arthur Maia 39'/1°T (0-1), Marcelo Cirino 3'/2°T (0-2)

SALGUEIRO: Luciano, Ranieri, Marcos Tamandaré, Lúcio, Rogério; Pio, Moreilândia (Kanu /intervalo), Rodolfo (Valdeir 9'/2°T), Paulinho Mossoró; Vitor Caico e Cássio (Marlon 28'/2°T). TÉC: Sérgio China

FLAMENGO: Paulo Victor, Pará, Bressan, Wallace, Anderson Pico; Jonas (Lucas Mugni 12'/2°T), Márcio Araújo, Arthur Maia (Almir 13'/2°T); Gabriel, Everton (Alecsandro 27'/2°T) e Marcelo Cirino. TÉC: Vanderlei Luxemburgo