Após derrota, Jayme de Almeida lamenta 2015 do Fla: 'Fim melancólico'

Treinador critica arbitragem, que não marcou pênalti em Kayke, e ressalta ano ruim do Rubro-Negro

Por O Dia

Rio - O Flamengo terminou 2015 da pior forma possível: com a derrota. O Rubro-Negro, que acabou sendo derrotado neste domingo por 2 a 1 para o Palmeiras, no Maracanã, deixou a desejar e continua com a bronca, não só da torcida, como também do técnico Jayme de Almeida, que lamentou bastante o resultado da última partida do Campeonato Brasileiro. 

"Grande aprendizado. O Flamengo teve tudo para ficar nos primeiros lugares, mas acabamos terminando de forma melancólica... Aprendi que, no esporte, derrota é para tentar crescer e melhorar. Fizemos seis jogos muito bons, mas deixamos escapar e, a partir do Coritiba, nosso time ficou muito instável e terminou de uma forma que ninguém esperava. Estávamos acreditando muito, a torcida estava acreditando muito. Deixamos escapar. Nem caímos, nem avançamos", afirmou. 

Jayme lamentou bastante a derrota na última partida em 2015Divulgação / Fla Imagem

Jayme aproveitou para fazer uma análise do jogo e criticou a arbitragem, devido ao lance de pênalti claro em Kayke. Apesar do erro, o treinador não minimizou as falhas do Fla, que deixou a desejar no Maracanã.

"Palmeiras começou melhor. Só fomos acertar a marcação no fim. Estávamos bem no jogo. Valia pela colocação. Foi muito pênalti no Kayke. Palmeiras fez um belo gol, bobeamos. O jogo estava parelho. Tomamos aquele gol e deu uma desanimada. Veio o empate e o jogo caiu muito no final. Tínhamos quase certeza que acabaria empatado. Infelizmente, mais uma vez não acertamos, e o gol saiu aos 45 minutos", finalizou.