Ainda sem poder contar com Diego e Conca, Flamengo só pensa em se recuperar

Time rubro-negro busca esquecer o trauma da eliminação na Libertadores para poder buscar o título do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil

Por O Dia

Rio - Não é só a torcida do Flamengo que conta os dias para ver Diego e Conca em ação. Jogadores e comissão técnica também esperam pela dupla com cheirinho de novidade. O time busca esquecer o trauma da eliminação na Libertadores para poder buscar o título do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil. Vencer o Atlético-PR, neste domingo, às 16h, na Arena da Baixada, pela competição por pontos corridos, faz parte do processo.

Diego e Conca estão próximos de retornoGilvan de Souza / Flamengo / Divulgação

"Nosso grupo é experiente e o futebol, não é feito só de vitórias. Tem que saber lidar com tudo. Passar por momentos de dificuldade. Só vitórias e títulos vão fazer a gente esquecer", diz o lateral-esquerdo Renê, que percebe em Diego e Conca a vontade de voltar logo a jogar.

"São dois caras de muita qualidade. A gente sabe que fazem a diferença, mas, infelizmente, não estão podendo jogar no momento. A gente vê no semblante do Diego que ele já queria ter voltado, mas eles vêm na pegada boa, treinando forte. Vão nos ajudar bastante", avalia.

Diego e Conca, pela movimentação no treino, mostram estar prontos. A comissão técnica, no entanto, prefere a cautela. Ambos devem ser testados em jogo-treino, na semana que vem.

Por enquanto, o técnico Zé Ricardo se vira com o que tem. Domingo, contra o Atlético-PR, ele deverá escalar quatro laterais. Se realmente fizer essa opção, o técnico colocará Pará e Renê em suas posições de origem, enquanto Rodinei e Trauco atuarão como pontas, com Guerrero no comando do ataque.

A fórmula já foi utilizada na vitória por 2 a 1 sobre o Atlético-GO, pela Copa do Brasil, na quarta-feira. Apesar da classificação às quartas de final, o Flamengo não teve um bom desempenho.