Fluminense 'madruga' no duelo com a Chapecoense e luta para ficar no G-4

Tricolor estreia no horário das 11h do Campeonato Brasileiro

Por O Dia

Santa Catarina - Estreante no horário das 11h no Campeonato Brasileiro, o Fluminense promete tomar a iniciativa desde o primeiro minuto de partida contra a Chapecoense, neste domingo, na Arena Condá. A proposta do técnico Enderson Moreira ficou clara com a escalação de Osvaldo no lugar de Gerson, suspenso pelo terceiro cartão amarelo.

Osvaldo será opção de velocidade no jogo contra a ChapecoenseDivulgação / Nelson Perez

Contratado ao Al-Ahli, da Arábia Saudita, o atacante não esconde a ansiedade para disputar sua primeira partida como titular. A derrota na estreia para o Vasco não apagou a boa impressão deixada no Maracanã. No combo que teve velocidade, dribles e movimentação intensa, o camisa 17 é o trunfo para o Tricolor usar e abusar do contra-ataque em Chapecó.

TEMPO REAL: Acompanhe, lance a lance, o duelo entre Chapecoense e Fluminense

“Osvaldo teve uma boa estreia. No momento em que ele entrou, o Vasco não nos deu muito espaço. A tendência é melhorar e se adaptar, além de ganhar entrosamento. Vai nos dar velocidade e profundidade. Nossa expectativa é muito boa”, analisou o técnico Enderson Moreira.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Fluminense

Além de Osvaldo, o lateral-esquerdo Breno Lopes será outra novidade. Ele preenche a vaga de Giovanni, que rompeu os ligamentos cruzados do joelho direito e corre o risco de ficar fora do Brasileiro. Os desfalques não diminuem a confiança do treinador. Depois de encontrar a melhor e a mais equilibrada formação para a equipe, ele acredita que os substitutos têm totais condições de exercer a função tática desejada, caso de Gustavo Scarpa, que herdou a posição de Wagner, negociado para o futebol chinês.

“Scarpa tem uma batida na bola muito boa, técnica... Tem outros jogadores que podem entrar, tenho certeza de que isso acontecerá com naturalidade”, disse Enderson.