Fred avalia emocional do Fluminense e pede união: 'Momento de dar as mãos'

Ídolo tricolor falou sobre momento delicado da equipe

Por O Dia

Rio - O Fluminense fez um bom segundo tempo na partida contra a Ponte Preta, no sábado, mas ainda assim, os últimos 45 minutos de jogo não foram suficientes para fazer o Tricolor se recuperar. O grande problema para a equipe de Eduardo Baptista foram justamente os minutos iniciais. A Macaca foi para o vestiário com três gols de vantagem, e o Flu conseguiu reagir na etapa final marcando apenas um.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Fluminense

"Não falta (pegada). Futebol não é só isso. Quando começa a ficar difícil, tomamos um gol e desabamos. Começamos a jogar quando estava 3 a 0. Não é só correr, tem que ganhar primeira bola, se posicionar melhor. Não é só um fator, são vários, que pegam o emocional. Por isso que digo, é o momento de dar as mãos", explicou Fred.

A derrota foi a sétima do returno, que conta com apenas mais um empate e nenhuma vitória. Com isso, o Fluminense, que antes sonhava com o G-4, agora se vê próximo à zona da degola. Com 34 pontos, o time é o 12º na tabela. O próximo compromisso será contra o Goiás, no sábad, às 18h30, no Maracanã.

Fred falou sobre o momento delicado do FluminenseDivulgação