Abel Braga chama responsabilidade após derrota do Flu: 'não tiro o meu da reta'

Equipe vira a página para o clássico deste domingo, contra o Flamengo

Por O Dia

Rio - O Fluminense amargou mais um resultado negativo, na última quinta-feira, diante do Grêmio, pelo Campeonato Brasileiro. Após a derrota, por 2 a 0, o técnico Abel Braga conversou com a imprensa e não fugiu das perguntas sobre a força do elenco tricolor. O treinador reconheceu que os desfalques prejudicam, mas não deixou de chamar a responsabilidade.

Abel Braga evitou lamentar os desfalquesNelson Perez/ Fluminense F.C. / Divulgação

"Isso faz a diferença. No fundo, este é o meu terceiro time. O primeiro era com Renato Chaves, Douglas, Orejuela, Sornoza, Scarpa e Wellington Silva. Agora estou no terceiro time. Não adianta eu lamentar. Não vou lamentar. Trabalho em cima do grupo, a nossa cobrança interna é a mesma. Quem tem de julgar é vocês. Não serei covarde ao julgar. Não tiro o meu da reta. Eu entrei no clube sabendo da situação e do que eu iria enfrentar. O clube tem tentado algumas coisas nos últimos dias. Não é dizer que vai chegar, mas tem possibilidade de chegar. Há situações de carências. Entrei sabendo, ninguém me forçou a assinar contrato. Estou feliz", disse.

A próxima missão do time das Laranjeiras no Brasileirão será o clássico contra o Flamengo, neste domingo. A partida acontecerá no Maracanã, às 16h.