Doriva lamenta empate do Vasco, mas diz que o Brasileiro impõe dificuldade

Técnico aposta no elenco cruzmaltino, mas ressalta que todos os jogos da competição serão equilibrados

Por O Dia

Rio - O Vasco não apresentou um futebol para lá dos melhores ao ficar no 0 a 0 com o Goiás, neste sábado, na estreia do Campeonato Brasileiro. De volta à elite, o Cruzmaltino, que conquistou o Carioca, não rendeu o esperado e frustrou os torcedores que marcaram presença em São Januário. Em entrevista após o jogo, o técnico Doriva lamentou o resultado, apostou no elenco, mas ressaltou que o time encontrará dificuldades ao longo da competição.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Vasco

"Estamos sempre vendo e conversando sobre o que necessitamos. Por enquanto, está dentro do nosso elenco, mas com certeza vamos precisar de reforços mais para frente, porque o campeonato exige que você tenha um nível de atletas que entrem e façam a diferença. O Campeonato impõe dificuldade, todos os jogos serão equilibrados e encontraremos essa dificuldade. Estamos tranquilos, sabemos que poderíamos ter iniciado de uma maneira melhor, vencendo", afirmou Doriva.

Doriva lamentou empate na estreiaBruno de Lima

Ao fazer a análise do jogo, o comandante cruzmaltino comentou da dificuldades que a equipe encontrou no decorrer da partida, mesmo após as alterações.

LEIA MAIS: Notícias, resultados e bastidores do Campeonato Brasileiro

"Tentamos colocar o Bernardo e o Yago, para que pudéssemos chutar fora da área, porque o Goiás tava difícil. A ideia era criar situações através das características deles. No fim, colocamos também o Marcinho para tentar furar o bloqueio, mas infelizmente nem com as alterações conseguimos aproveitar as chances", acrescentou.

Mesmo que não tenha começado com o pé direito, Doriva espera poder contar com incentivo dos vascaínos: "A torcida tem que apoiar a equipe. Se o torcedor vaiar não estará fazendo o papel dele. Espero o apoio da nossa torcida".

O Vasco volta a campo no próximo domingo, contra o Figueirense, às 11h, no Orlando Scarpelli.