Infiltrados, vascaínos partem para cima da delegação em desembarque no Rio

Equipe carioca ocupa a última colocação no Brasileirão

Por O Dia

Rio - O clima foi muito tenso no desembarque do Vasco no Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, após a derrota da equipe carioca para o Santos, na Vila Belmiro. Cerca de 20 torcedores infiltrados partiram para cima dos jogadores e do grupo vascaíno. Os mais criticados foram o treinador Celso Roth e o atacante Riascos, que levou uma cusparada.

Celso Roth foi um dos principais alvos dos protestosMárcio Mercante

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Vasco

O goleiro Martín Silva foi o único jogador poupado nos protestos, sendo aplaudido pelos torcedores quando deixou o local. O vice de futebol, José Luis Moreira, também foi aliviado. Os pedidos dos vascaínos aos jogadores, em forma de xingamentos, era para correr mais e demonstrar mais vontade em campo para tirar o Vasco da zona de rebaixamento.

Em último lugar no Brasileirão, o Vasco volta aos gramados no sábado contra o Coritiba, no Maracanã. O duelo será no sábado, às 18h30.