Vasco não se 'desespera' com empate e crê em classificação na Copa do Brasil

Para avançar de fase, Gigante da Colina vai ter de vencer o Santa Cruz ou empatar a partir de 2 a 2, quarta-feira, no Arruda

Por O Dia

Rio - O Vasco reconhece que ficou devendo no duelo com o Santa Cruz, pela Copa do Brasil, nesta quarta-feira, em São Januário. Porém, o gol de empate no fim do jogo valorizou a luta vascaína e deu confiança para buscar a classificação no Arruda.

Jorginho não se desespera com empate e acredita em classificação do VascoPaulo Fernandes / Vasco.com.br / Divulgação

"A arbitragem não teve influência no resultado. Tivemos um primeiro tempo realmente ruim, a equipe não se encontrou taticamente. Não conseguimos jogar, em razão do gol muito rápido que tomamos. Isso desestabilizou a equipe. Eles tiveram mais tranquilidade para jogar. É importante saber jogar quando as coisas não estão bem. Tem de ir na raça, na vontade. Foi o que o Vasco fez. A gente poderia ter virado o jogo, mas foi um jogo para que a gente tenha consciência de que não fomos bem. Mas não é momento para desespero. Seria melhor se não tivéssemos sofrido gol em casa. Mas estamos dentro. Foi importante empatar. Agora podemos ir para lá e mudar a situação. Podemos construir uma vitória", declarou Jorginho.

Para avançar de fase, o Gigante da Colina vai ter de vencer o Santa Cruz ou empatar a partir de 2 a 2, quarta-feira, no Arruda. Antes do jogo de volta pela Copa do Brasil, o Vasco tem um compromisso pela Série B. No sábado, às 18h30, encara o Luverdense em Lucas do Rio Verde. O técnico Jorginho sinaliza que deve entrar com time misto.

"Temos jogadores que tomaram cartão (Madson, Andrezinho, Nenê e Rodrigo vão cumprir suspensão). Vamos esperar a reapresentação para tomar uma decisão de quem vai realmente para o jogo. Sabemos que vai ser desgastante (a viagem). É muito provável que a gente poupe um ou outro jogador", finalizou.