Desemprego cai na Grã-Bretanha e perspectivas de crescimento aumentam

Número de desempregados teve queda de 2,21 milhões no primeiro trimestre, enquanto Banco da Inglaterra revisou previsão do PIB para 2,9% em 2015

Por O Dia

Londres - O Banco da Inglaterra (BoE) anunciou nesta quarta-feira uma revisão, em alta, das perspectivas de crescimento para 2015, no mesmo dia em que o governo divulgou o menor índice de desemprego em cinco anos.

O crescimento em 2015 será de 2,9%, e não de 2,7% como havia anunciado anteriormente, afirma o boletim trimestral sobre a inflação do BoE, que não altera as previsões de crescimento para 2014 (3,4%) e para 2016 (2,8%).

O Escritório Nacional de Estatísticas (ONS) anunciou que o índice de desemprego caiu a 6,8% no primeiro trimestre do ano, 0,1% a menos que o resultado do quarto trimestre de 2013.

O número de desempregados registrou queda de 133.000 pessoas entre janeiro e março, a 2,21 milhões.

O número de pessoas com emprego chegou a 30,43 milhões, o maior resultado desde 1971, início dos registros oficiais.

"Há mais para fazer, mas celebro a nova queda do desemprego. Mais trabalhos significam maior segurança financeira para a população", escreveu o primeiro-ministro David Cameron no Twitter.

Últimas de _legado_Notícia