Incêndios fora do controle avançam para o sul da Califórnia

Desde a noite de segunda-feira, quando as chamas começaram, no condado de Ventura, já devastaram quase 54 mil hectares

Por O Dia

San Diego - Os fortes ventos que alimentam os incêndios fora de controle no sul da Califórnia, que forçaram a evacuação de centenas de milhares de pessoas, abriram novos focos perto da cidade americana de San Diego. 

Desde que teve início na noite de segunda-feira no condado de Ventura, uma hora a noroeste de Los Angeles, o chamado incêndio Thomas já devastou 53.400 hectares, uma área correspondente a três vezes o tamanho da capital americana, Washington DC, e só está contido em 10%. 

Desde a noite de segunda-feira%2C quando o incêndio começou%2C no condado de Ventura%2C fogo já devastou quase 54 mil hectares. Chamas seguem para o sul do estado americanoAFP

Apesar da intensidade das chamas, as autoridades reportaram até agora apenas um morto: uma pessoa não identificada, encontrada em Ventura. Mais de 250 km ao sul, o incêndio Lilac crescia em ritmo alarmante, depois de já ter arrasado 1.600 hectares desde que começou na quinta-feira pela manhã, forçando uma onda de evacuações.

Até agora quatro pessoas sofreram queimaduras e foram afetadas pela fumaça na área atingida pelo Lilac. 

Os bombeiros lutam dia e noite sob uma espessa nuvem de fumaça preta para combater as chamas em seis frentes, que destruíram centenas de imóveis, inclusive mansões que valem milhões de dólares. 

Pelo menos uma pessoa morreu em decorrência do avanço das chamasAFP

Com rajadas de até 100 km/h, os fortes ventos de Santa Ana geraram para esta sexta-feira um "risco extremo de incêndios", advertiram as autoridades. O alerta vermelho foi ampliado para o restante do fim de semana. 

As chamas mataram  mais de 20 cavalos de corrida, depois de destruir oito estábulos no campo de treino de San Luis Rey, onde havia 500 animais, informou a Junta de Cavalos de Corrida da Califórnia em um comunicado. 

Em Los Angeles, a segunda cidade mais populosa dos Estados Unidos, os bombeiros puderam controlar em parte o incêndio Skirball, que avançou no exclusivo bairro de Bel-Air, onde várias celebridades têm propriedades. 

A cena foi apocalíptica, com luxuosas mansões destruídas pelas chamas. O magnata dos meios de comunicação Rupert Murdoch tem ali uma vinha de 30 milhões de dólares, a Moraga Bel Air Winery, que até agora não reportou maiores danos. 

Os outros incêndios na metrópole californiana continuam avançando: o Rye consumiu  2.400 hectares e está 35% contido; e o Creek, o maior e mais perigoso da região, se estende por 6.000 hectares e já devastou 60 imóveis, a metade casas de família. 

O incêndio Liberty no condado de Riverside, ao leste de Los Angeles, consumiu 120 hectares e está contido em apenas 5%. 

Últimas de _legado_Mundo e Ciência