Acabou o horário de verão. E agora, como economizar?

Cartilha dá dicas para consumidor evitar desperdício de energia e não pagar conta de luz cara

Por O Dia

Rio - Dias mais curtos, noites mais longas. Com o término do horário de verão no domingo, chegou a vez de ajustar o relógio biológico e adotar medidas para evitar desperdício de energia. Ontem, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) lançou cartilha com orientações e sugestões para o consumidor economizar com ações simples no dia a dia.

Além das mais usuais, o guia traz outras indicações,não tão corriqueiras, mas que auxiliam na redução da despesa com a conta de luz. Uma delas é a pintura de paredes internas e teto com cores claras. Elas refletem melhor a luminosidade natural.

A Aneel também aconselha a não reaproveitar a resistência do chuveiro queimada. Além de perigosa, a prática aumenta o consumo.

Já outras dicas são velhas conhecidas dos consumidores, como apagar a luz ao sair de um cômodo, usar lâmpadas fluorescentes compactas; preferir a luz natural durante o dia e desligar o chuveiro enquanto se ensaboa, não usar aparelhos elétricos das 18h às 21h — horário de maior consumo —, não deixar equipamentos em modo de espera e evitar o uso de benjamins. E, na hora da compra, preferir aparelhos com selo Procel, que indicam aos consumidores quais são os modelos que consomem menos energia.

Segundo a cartilha, na cozinha também é possível economizar energia. A geladeira deve ser aberta o mínimo de vezes possível. O consumidor deve retirar os itens de uma só vez.

O fim do horário de verão pode impactar a rotina, mas não causa problemas para a saúde, afirma Patrícia Coelho, médica ortomolecular e endocrinologista. A receita da especialista é tentar manter os mesmos hábitos e a qualidade do sono.

“Acertar os horários das refeições e de ir para cama, aumentar a exposição a luz do dia, especialmente ao sol da manhã, são atitudes que podem ajudar na adaptação ao novo horário”, afirma a médica. “É importante começar a mudar os hábitos devagar para que o corpo não sinta nenhum baque”, complementa.

O país economizou R$405 milhões nos 120 dias de vigência da medida do governo, com a redução de 4,1% da demanda por energia de ponta dos subsistemas Sul e Sudeste/Centro-Oeste, com economia de 4,3% e 4,1%, respectivamente, segundo dados do Organizador Nacional do Sistema (ONS).

A redução equivale a, aproximadamente, 50% da carga no horário de pico da cidade do Rio (6,4 milhões de habitantes), ou a duas vezes a carga no mesmo período em Brasília (2,6 milhões de habitantes), e no Sul, 75% da carga no horário de ponta de Curitiba (1,8 milhão de habitantes).

MEDIDAS PARA ECONOMIZAR ENERGIA

AR CONDICIONADO
Desligue o aparelho quando o ambiente estiver desocupado; mantenha janelas e portas fechadas durante o uso do ar condicionado; evite o calor do sol no cômodo, fechando cortinas e persianas; não tape a saída de ar do aparelho; proteja a parte externa dos equipamentos da incidência do sol, sem bloquear as grades de ventilação.

LÂMPADAS E ILUMINAÇÃO
Evite acender lâmpadas durante o dia. Teto e paredes internas pintados com cores claras refletem melhor a luz, diminuindo a necessidade de iluminação artificial; lâmpadas fluorescentes são mais eficientes que as lâmpadas comuns. Use melhor a luz do sol, abrindo bem janelas, cortinas e persianas; apague as lâmpadas de lugares desocupados.

TELEVISÕES
Desligue os aparelhos se não houver ninguém assistindo; evite dormir com a TV ligada. Se ela tiver algum recurso de programação, use o timer.

COMPUTADOR
Use os recursos de economia de energia para desligar o monitor e colocar o computador em estado de espera se eles permanecerem sem uso após um determinado tempo; não deixe monitor, impressora, caixa de som, estabilizador e outros acessórios do computador ligados sem necessidade.

CELULAR, CÂMERA E NOTEBOOK
Não deixe o aparelho “dormir” carregando. Retire-o da tomada quando a bateria estiver cheia.

CHUVEIRO ELÉTRICO
Não use o chuveiro elétrico em horários de pico (das 18h às 21h), pois é um dos aparelhos que mais consomem energia; quando não estiver fazendo frio, deixe a chave na posição verão; feche a torneira quando se ensaboar e procure reduzir o tempo gasto do banho. Economizar água também é importante.

GELADEIRA E FREEZER
Não deixe a porta aberta sem necessidade ou por tempo prolongado; arrume os alimentos para que sejam rapidamente encontrados e deixe espaço entre eles para o ar poder circular; não forre as prateleiras, pois isso dificulta a circulação de ar; não use as serpentinas atrás do aparelho para secar panos de prato e roupas.

Últimas de _legado_Economia