Por helio.almeida

Espanha - A sorte distribuiu neste domingo por toda a Espanha mais de US$ 3 bilhões (R$ 7,1 bilhões) no sorteio da loteria de Natal, a mais esperada e popular do ano, que contribuirá para aliviar a situação de muitas famílias afetadas pela crise econômica que o país vive.

A partir das 9h da manhã (6h de Brasília) até as 13h (10h), as crianças do Colégio de São Ildefonso de Madri falaram, como de costume, os números premiados no sorteio, que pelo segundo ano consecutivo aconteceu no Teatro Real de Madri.

O número foi vendido em várias cidades de dez províncias espanholas, e a maioria dos bilhetes foi vendida em Leganés, no sul de Madri.

Lá, vários felizardos, muitos deles desempregados ou aposentados, foram até a sede da organização do prêmio para celebrá-lo frente às câmeras de TV.

Entre os sortudos está Alfonso, que está há oito meses desempregado após ter sido despedido de uma empresa de turismo. “Será um pé-de-meia até que eu encontre trabalho”, dizia.

El Gordo, como é chamado o prêmio, também foi para a cidade de Arrasate-Mondragón (norte), sede de uma cooperativa de eletrodomésticos que fechou no mês passado e deixou mais de 2 mil pessoas desempregadas no País Basco.

A sorte também escolheu Bailén, no sul, uma das principais cidades produtoras de tijolo e gravemente afetada pela crise da construção que afeta a Espanha desde 2008.

Um dos sortudos comprou o décimo na ilha estava no público do evento no Teatro Real e logo após o número sair das urnas admitiu empolgado que usará o dinheiro para “tapar buracos”.

O jovem de 27 anos havia viajado para Madri para passar o Natal com sua família e brincou ao dizer que se seu chefe não o vir nos próximos dias, “já saberá por que”.

O Sorteio Extraordinário de Natal, realizado todo 22 de dezembro, marca o início das festividades e gera grande expectativa, como prova a presença de mais de 85 veículos de comunicação nacionais e internacionais credenciados para cobrir o acontecimento.

Neste ano, as vendas de loteria caíram 4,18% em relação a 2012, já que alcançaram 2,36 bilhões de euros, dos quais 70% se destinam a prêmios, segundo dados de Loterias e Apostas do Estado.

Você pode gostar