Justin Bieber será julgado em fevereiro

Cantor foi detido após ter sido parado pela polícia por dirigir sob efeito de álcool e drogas e por participar de um racha

Por O Dia

Estados Unidos - O cantor Justin Bieber será julgado no dia 14 de fevereiro por dirigir embriagado, resistir à prisão e estar com a carteira de motorista vencida, em audiência em um tribunal de Miami, na Flórida, informou uma fonte da Procuradoria. A mesma pessoa relatou que talvez Bieber não precise assistir a esta sessão.

'Obrigado%2C Deus'%2C escreveu Bieber após prisãoReprodução Internet


Justin, de 19 anos, foi detido depois de ter sido parado pela polícia por dirigir sob efeito de álcool e drogas e por participar de um racha, em Miami Beach. O cantor pop admitiu aos agentes que o detiveram que tinha fumado maconha, bebido umas cervejas e ingerido alguns remédios que requerem receita, e foi posto em liberdade poucas horas depois de comparecer perante o juiz por videoconferência e pagar a fiança de US$ 2,5 mil.

Mais de 42 mil pessoas assinam pedido de deportação

Mais de 42 mil pessoas já participam de um abaixo-assinado postado no site da Casa Branca e que pede a deportação do cantor canadense Justin Bieber, que foi detido na semana passada na Flórida por participar de um racha supostamente sob a influência de substâncias tóxicas, de acordo com números contabilizados até a última segunda-feira.

"Nós, o povo dos Estados Unidos, sentimos que não estamos bem representados no mundo da cultura pop. Gostaríamos de ver o perigoso, insensato, destrutivo e consumidor de drogas Justin Bieber deportado e com sua permissão de residência revocada", diz o pedido, postado na seção "We The People" da página oficial da Casa Branca.

Se em 22 de fevereiro o pedido sobre Bieber alcançar as 100 mil assinaturas, o Governo terá que se pronunciar a respeito.



Últimas de _legado_Mundo e Ciência