Polícia de Nova York testa Google Glass em reconhecimento facial nas ruas

Produto do Google permite aos usuários acessar utilidades dos smartphones diretamente nos óculos que ainda tem câmera para fazer fotos e vídeos

Por fernanda.magalhaes

Estados UNidos - O Departamento de Polícia de Nova York (NYPD) começou a testar as Google Glass para ajudar os policiais e conseguir rapidamente informação sobre suspeitos, graças às técnicas de reconhecimento facial, confirmou nesta sexta-feira o responsável da corporação.

"O Departamento está tendo grandes avanços em tecnologias de reconhecimento facial. É uma das excitantes novas fronteiras que só estamos vendo a ponta do iceberg em termos de seus benefícios completos", disse o comissário Bill Bratton, ao canal local de televisão "NY1".

O inovador produto do Google, que ainda não está à disposição do público geral, permite aos usuários acessar muitas das utilidades dos smartphones diretamente nos óculos, que ainda incorporam uma câmera que permite fazer fotos e vídeos, entre outras coisas.

"Estamos fazendo uma prova de campo dessa tecnologia em uma variedade de circunstâncias, para analisar onde pode ser mais útil, mais beneficente", declarou Bratton.

A experiência é semelhante à iniciada por outros corpos policiais, como a direção geral da polícia espanhola, que está explora o uso das Google Glass nas patrulhas, com o objetivo de aumentar a segurança e a eficácia nas intervenções dos agentes.

Modelo usando o Google GlassDivulgação


Últimas de _legado_Mundo e Ciência