Drinques fazem bem à visão, aponta estudo

Ingerir álcool, desde que moderadamente, seria benéfico para a saúde dos olhos

Por O Dia

Rio - Bons bebedores — que não exageram, mas batem ponto na mesa do bar uma vez por semana — podem estar no caminho certo para manter a visão saudável. Estudo da Universidade de Wiscosin, nos EUA, mostrou que, de 4.926 pessoas pesquisadas, apenas 4,8% das que bebiam com esta regularidade tiveram problemas de visão com a idade, contra 11% das que não haviam bebido no último ano.

Excesso de bebida alcoólica%2C ao contrário%2C pode causar inflamações Istock

Os pesquisadores do Departamento de Oftalmologia pediram aos participantes, com idades entre 43 e 86 anos, que respondessem com que frequência ingeriam bebidas alcoólicas e faziam exercícios físicos. Paralelamente, fizeram exames de vista em cada um deles por 20 anos, entre 1988 e 2010, e os resultados foram comparados.

A equipe concluiu que pessoas que bebiam moderadamente e se exercitavam tiveram índice menor de perda da visão ao longo de 20 anos do que sedentários e indivíduos em abstinência de álcool. Cerca de 7% dos sedentários tiveram redução na sua capacidade visual ao longo do período, contra apenas 2% de praticantes de atividades físicas.

EXAGERO É PERIGOSO

O mesmo benefício não atinge quem exagera na bebida. O autor da pesquisa, Ronald Klein, ressaltou que os participantes que bebiam excessivamente não tiveram a mesma sorte dos ‘bons bebedores’. “Não constatamos nesse grupo nenhum indício de que reduziram o ritmo de perda da capacidade visual com o passar dos anos, como observamos nos outros”.

Pelo contrário, o abuso de álcool pode comprometer a visão. “Há uma série de estudos que comprovam que o excesso de toxinas que a bebida traz ao organismo pode inflamar o nervo ótico e causar nevrite”, explica Lêoncio Queiroz, oftalmologista do Instituto Penido Burnier. A doença é uma das causas de perda súbita de visão. O principal sintoma é a sensação de dor ao movimentar os olhos. O limite considerado excessivo para ingestão de álcool varia do tipo de bebida, e de pessoa para pessoa (peso e idade).


PREFIRA O VINHO
A bebida contém Tanino, substância presente na uva que melhora a função cardiovascular e reduz a hipertensão, se ingerida moderadamente. Com a pressão arterial sob controle, há reflexos também na pressão ocular e, portanto, na saúde da vista.

EXERCÍCIOS FÍSICOS
Pacientes com glaucoma, que possuem pressão ocular alta, e diabéticos e hipertensos, com risco de desenvolver retinopatia por hipertensão, podem investir em 150 minutos de práticas físicas por semana para melhorar a vascularização dos olhos.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência