Quadrilha que roubava lojas de celulares causou prejuízo de R$ 11 milhões

Operação realizada pela Polícia Civil prendeu 18 pessoas nesta quarta-feira. Das 36 procuradas, 27 já estão na cadeia

Por O Dia

Rio - A Polícia Civil realizou uma grande operação para desarticular uma quadrilha especializada em assaltar lojas de aparelhos celulares nesta quarta-feira. As investigações começaram há exatos 12 meses, período em que os criminosos realizaram 117 roubos, causando um prejuízo de cerca de R$ 11 milhões a lojistas. De acordo com as informações, este valor só não é maior, pois muitas lojas ainda não contabilizaram as perdas.

Foram expedidos 36 mandados de prisão e 33 de busca e apreensão. Até o momento, já foram presas 27 pessoas, sendo 18 somente na ação desta quarta-feira. Como um dos bandidos procurados morreu, falta ainda chegar ao paradeiro de oito pessoas.

LEIA: Polícia faz operação para desarticular quadrilha que rouba lojas de celulares

A ação realizada pela 20ªDP (Vila Isabel) contou com o apoio do Departamento Geral de Polícia da Capital (DGPC), da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core) e das Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) da Mangueira e Tuiuti. Coletiva de imprensa realizada na Cidade da Polícia, no Jacarezinho, reuniu o delegado titular da 20ª DP, Hilton Pinho Alonso, seu assistente, Gustavo Rodrigues, além do major Rodrigues, da UPP Mangueira.

Últimas de Rio De Janeiro