Suspeitos de corromper menores são denunciados pelo Ministério Público

Órgão pede a prisão preventiva de quatro acusados de induzir adolescentes a roubos no Centro do Rio

Por O Dia

Rio - Quatro homens foram denunciados nesta quinta-feira pelo Ministério Público (MP) do Rio de Janeiro, acusados de corromper crianças e adolescentes que realizam assaltos na região do Centro. Eles foram identificados como Bruno Mendonça da Silva, Claiton Candido de Oliveira, Robson Diogo Peixoto e Richard Balbi Thomaz e o MP requereu que seja decretada a prisão preventiva deles.

Os acusados têm idades entre 22 e 40 anos e foram flagrados através de vídeos orientando menores como abordar e roubar as vítimas no Centro do Rio. De acordo com um trecho da denúncia, o quarteto "com vontade livre e consciente, em comunhão de ações e desígnios entre si e com os adolescentes não identificados, associaram-se em quadrilha para a prática reiterada de delitos de roubo e furto no Centro da cidade".

No início da manhã desta quinta, agentes da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), realizaram uma operação na Cidade de Deus, na Zona Oeste, para apreender menores acusados de roubos no Centro. Na ação que contou com apoio do Departamento Geral de Polícia Especializada (DGPE) e a Coordenadoria de Recursos Especiais (CORE), cinco adolescentes foram apreendidos.

"Esses menores saem da comunidade de manhã para roubar cordões e celulares no centro do Rio. Os adolescentes apreendidos foram identificados durante as investigações e estavam com mandado de busca e apreensão contra eles", explicou o delegado titular da DPCA, Alesandro Petralanda.

Polícia Civil fez operação na Cidade de Deus para apreender menores que realizam roubos no CentroJohnson Parraguez / Parceiro / Agência O DIA


Últimas de Rio De Janeiro