Tecnologia a serviço da saúde

Hospitais privados de Duque de Caxias e de Nova Iguaçu ampliam oferta de serviços

Por O Dia

Rio - Os hospitais privados da Baixada investem cada vez mais em recursos e tecnologia para atender às demandas da população. O Hospital Daniel Lipp (Rua Conde de Porto Alegre 271, 25 de Agosto, em Duque de Caxias, tel.: 3672-8700) inaugurou há seis meses a única UTI pediátrica da cidade, com 15 leitos. Já a Clínica Médica Santa Terezinha (Rua Presidente Vargas 168, Comendador Soares, em Nova Iguaçu, tel.: 2667-3061) estreou novas especialidades médicas.

Segundo o pediatra e diretor-geral do Daniel Lipp, Mário Novais, o hospital é dono também da maior UTI neonatal do estado. Fundada há 15 anos, a unidade de tratamento intensivo para recém-nascidos conta com 60 leitos. “As três principais causas de internações na UTI pediátrica são os problemas respiratórios, problemas neurológicos e as infecções graves”, diz.

O aparelho de tomografia da Lipp faz%2C em média%2C 500 exames por mêsDivulgação

Outro avanço no Daniel Lipp é o aparelho de tomografia, inaugurado no ano passado. São feitos, em média, 500 exames por mês. “A tomografia passou a ser fundamental para o atendimento de emergência, porque é um exame simples e permite ver partes do crânio que os raios X não alcançam”, explica Novais. O laudo sai na mesma hora.

A Clínica Médica Santa Terezinha passou a prestar serviços de Angiologia e de Gastroenterologia. São oferecidos, entre outros, procedimentos como escleroterapia (aplicação contra varizes), imobilizações e infiltrações na área ortopédica, vacinas e testes alérgicos.

No setor odontológico, a unidade iniciou as especialidades de implantodontia e odontopediatria. O serviço de ortodontia está sendo ampliado. A clínica faz também exames como ecocardiograma com doppler, eletrocardiograma e ultrassonografia. O hospital e a clínica aceitam convênios médicos.

Últimas de _legado_O Dia na Baixada