Baleado em tiroteio no Morro do Turano, policial está internado em estado grave

Dois tiroteios ocorreram em comunidade da Zona Norte entre a noite de ontem e a manhã desta quarta. Um homem morreu e outros três foram detidos

Por O Dia

Rio - Um soldado da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Turano está internado no Hospital Central da Polícia Militar (HCPM), no Estácio, Zona Norte do Rio. O policial militar, identificado apenas como Novaes, foi baleado nas nádegas e na cabeça, na noite desta terça-feira, durante um confronto ocorrido na favela localizada entre os bairros da Tijuca e do Rio Comprido. Ele passou por cirurgia e segue em estado grave.

De acordo com o comando da UPP Turano, por volta das 23h, policiais foram recebidos a tiros por criminosos durante um patrulhamento na região conhecida como Macua. Os agentes revidaram, dando início a um confronto. No tiroteio, o policial foi atingido e encaminhado ao HCPM. A região recebeu reforço do 4ºBPM (São Cristóvão) e também de policiais do Comando de Operações Especiais (COE) que seguem no local.

Em outro ponto da comunidade, na localidade conhecida como Paula Ramos, os militares foram checar uma denúncia, por volta das 5h desta quarta-feira, e um novo confronto foi registrado. Um homem morreu e outros três foram detidos. Na ação, foram apreendidos uma pistola calibre 9mm e material para endolação de drogas. O local foi isolado e a perícia da Polícia Civil acionada. O caso foi registrado na 18ªDP (Praça da Bandeira).

Últimas de Rio De Janeiro