Bloco que apoia Rosso na Câmara tenta aliança com DEM, PSDB e PPS

A princípio, esses partidos apoiam candidatura de Rodrigo Maia. Eleição para presidência da Casa será nesta terça-feira

Por O Dia

Rio - O bloco que apoia o nome de Rogério Rosso (PSD-DF) para a presidência da Câmara tenta agora costurar aliança com DEM, PSDB e PPS: partidos que, a princípio, apoiam a candidatura de Rodrigo Maia (DEM). A eleição será amanhã. Em troca, líderes da base aliada fechariam aliança com o candidato que o bloco composto pelos três partidos decidir lançar na disputa pela presidência da Câmara em 2017.

Rosso, que havia negado ser candidato, cedeu após conversar com aliados de Michel Temer, como o Informe antecipou, sexta, que poderia acontecer. “Ele não queria ser um presidente tampão, mas percebeu que o momento dele é agora. Está favorável”, diz um interlocutor de Temer.

Esquerda volver
Para não ver Rosso — aliado de Eduardo Cunha (PMDB) — na presidência da Câmara, o PT ensaiou apoio a Rodrigo Maia. Mas deve desistir da medida. “Vamos deixar de apoiar um candidato do ‘centrão’ para apoiar um outro do ‘direitão’? É um descaramento”, diz o presidente do PT-RJ, Washington Quaquá.

O tabuleiro da Baixada
Presidente do PMDB-RJ, Jorge Picciani nega que o apoio do partido a André Ceciliano (PT) para a Prefeitura de Japeri esteja condicionado ao de petistas a Carlos Vilela (PMDB) em Queimados. Mas o próprio Quaquá admite a possibilidade. “Há chance de negociação. Japeri é uma das nossas prioridades.”

Conversas
Os senadores Aécio Neves (PSDB) e Romário (PSB) definem até amanhã a data do encontro com Carlos Osorio, pré-candidato tucano à Prefeitura do Rio. “Nossa candidatura está 100% confirmada. Nós sabemos que haverá segundo turno, então é sempre bom conversar”, diz Luiz Paulo, presidente municipal do PSDB.

Acordo olímpico
O Flamengo recebeu R$ 10 mil do Comitê Organizador dos Jogos 2016 para reformar as baias onde ficam atracados os barcos a remo, na Lagoa. Em troca, cederá o equipamento durante a Olimpíada.

Picadinho

A exposição ‘A emergência do contemporâneo: a vanguarda no Japão, 1950-1970’ estreia quinta e vai até 28 de agosto, no Paço Imperial, no Centro. É de graça. 

A peça infantil ‘Pequeno sertão: veredas’ pode ser vista sexta-feira às 10h e às 14h, na Arena Jovelina Pérola Negra, na Praça Ênio, na Pavuna. Entrada franca. 

Últimas de Rio De Janeiro