Suspeitos de roubo e receptação de cargas são presos em Duque de Caxias

Segundo a polícia, empresa de telefonia teve prejuízo de pelo menos R$ 200 mil. Operação foi realizada nesta sexta-feira

Por O Dia

Rio - Os agentes da 59ª DP (Duque de Caxias) prenderam, nesta sexta-feira, oito pessoas suspeitas de roubos e receptação de cargas, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Segundo a polícia, durante as investigações, verificou-se um prejuízo de pelo menos R$ 200 mil a uma empresa ligada ao ramo de telefonia que teve vários celulares roubados.

Com base nas provas colhidas, a polícia expediu dez mandados de busca e apreensão que foram deferidos pela Justiça para identificação dos principais receptadores de telefones roubados, partícipes e demais integrantes da organização criminosa e recuperar os aparelhos.

Delegada titular da 59ª DP, Juliana Emerique explicou que constitui crime de receptação tanto a conduta daquele indivíduo que compra tais aparelhos, sabendo da origem criminosa (roubo ou furto, por exemplo), para revender informalmente como do que os adquire, mesmo apesar de enorme diferença entre o preço oferecido e o comumente encontrado em uma loja, o que, por si só, poderia levantar suspeitas quanto a ilegalidade da venda. A pena máxima do crime, em sua modalidade qualificada, é de oito anos de reclusão.

Durante a ação foram presos Stefan Pereira dos Santos Farias, Eliane Ribeiro da Costa Farias, Autiely do Nascimento Gomes, Maria de Fátima Ribeiro Costa do Nascimento, Paola Mafra França da Fonseca, Marcelo Henrique Schmitz Prudencia, Thiago de Melo Santos de Oliveira e Cintia Gomes de Moraes.

Últimas de Rio De Janeiro