Delegado é baleado em operação da Polícia Civil no Complexo do Alemão

Ação tem objetivo de cumprir mandados de prisão. Entre os 10 presos está um líder comunitário que passava informações para chefes do tráfico do complexo que estão em presídios

Por O Dia

O delegado Felipe Curi foi baleado no ombro durante operação no AlemãoDaniel Castelo Branco / Agência O Dia

Rio - O delegado Felipe Curi, da Delegacia de Combate às Drogas (DCOD), foi baleado durante uma operação da Polícia Civil, na manhã desta quarta-feira, no Complexo do Alemão. O objetivo da ação, da 45ª DP (Alemão) com o apoio do Departamento Geral de Polícia da Capital (DGPC), do Departamento Geral de Polícia Especializada (DGPE), da Coordenadoria de Recursos Especiais (CORE) e da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) do Alemão, é cumprir 47 mandados de prisão contra criminosos que atuam na região. Dez pessoas foram presas, entre elas um líder comunitário que passava informações para os chefes do tráfico na região, que estão em presídios federais. Dois suspeitos também foram baleados.

O titular da DCOD foi baleado no ombro e levado para o Hospital Estadual Getúlio Vargas, na Penha, onde foi medicado e liberado. Curi foi atingido durante tiroteio na localidade conhecida como Areal. Foram feitos dois disparos de fuzil contra o delegado e um deles foi parado por um carregador de fuzil que ele carregava no bolso do colete.

"Não era esperado que um delegado fosse baleado, mas uma operação desse porte oferece risco", disse o delegado Fábio Asty, responsável pela operação.

GALERIA: Polícia faz operação no Complexo do Alemão

A operação conta com 300 policiais civis e 150 policiais militares e tem apoio de helicópteros e blindados, que rondam a comunidade desde o fim da madrugada. Chamada de Germânia, ela visa cumprir 47 mandados de prisão, sendo que 13 deles são contra pessoas que já estão presas. Oito mandados de prisão foram cumpridos nesta manhã no Alemão e outros dois traficantes foram presos em flagrante, segundo a polícia. A ação continua em andamento nesta tarde. A grande quantidade de tiros suspendeu a circulação do teleférico às 6h58.

Polícia Civil fez operação na manhã desta quarta-feira%2C no Complexo do AlemãoEstefan Radovicz / Agência O Dia

Um dos presos é Marco Venício de Moura, cnhecido como Buruca. Segundo Fábio Asty, ele é o líder comunitário e tomou posse ilegalmente de uma área no Alemão, que pertencia a Cedae, onde contruiu um estacionamento. Do local, ele tinha uma visão privilegiada da entrada da comunidade e passava informações sobre a atuação policial no Alemão para os chefes do tráficos que estão presos.

Polícia se infiltrou no Alemão 

Coordenada pelo delegado Fábio Asty, da 45ª DP, ela busca prender traficantes identificados ao longo das investigações, que começaram em agosto do ano passado. Na época, uma equipe policial se infiltrou na comunidade e utilizou equipamentos de filmagem para registrar a ação dos traficantes. A operação, interrompida em abril, foi retomada por conta do crescimento do tráfico na região. Segundo Asty, não há relação com o início dos Jogos Olímpicos. 

Delegado da Polícia Civil foi baleado no Complexo do Alemão durante operação nesta quarta-feira Estefan Radovicz / Agência O Dia

Segundo a polícia, o trabalho identificou criminosos, dentre eles os principais líderes do Comando Vermelho, facção criminosa com que atua no tráfico de drogas no Complexo do Alemão e que vem praticando atentados contra a vida de policiais da Força de Pacificação. Dentre os mandados de prisão cumpridos na prisão estão dos traficantes Márcio Santos Nepomuceno, o Marcinho VP, Edson Silva de Souza, conhecido como Orelha, e Marcelo de Souza Fonseca, conhecido como Marcelo Xará.

Rotina de violência no Alemão

Não é de hoje que moradores vem sofrendo com os intensos tiroteios no Complexo do Alemão, muitas vezes vitimando inocentes. Nesta terça-feira, um novo dia de tiroteios na favela, uma imagem recebida pelo WhatsApp do DIA (98762-8248) chocou. Nela, uma criança de 6 anos dormia no chão da área externa de uma casa para se proteger das balas. 

Na troca de tiros de terça-feira, um homem foi baleado. Segundo o comando da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Nova Brasília, policiais foram atacados por criminosos quando realizavam patrulhamento na localidade conhecida como Largo do Samba. A circulação do teleférico, mais uma vez, teve que ser paralisada. A troca de tiros começou por volta das 7h15, horário de grande circulação de moradores. 

LEIA MAIS: Criança dorme na área externa da casa para tentar se proteger de tiros

Mãe coloca filho para dormir na laje e protegê-lo dos tiros no Complexo do AlemãoWhatsApp O DIA


Últimas de Rio De Janeiro