Homem é preso suspeito de abusar sexualmente a própria enteada na Baixada

Mãe contou que abusos ocorriam há um ano e que criança era obrigada a manter relações sexuais com suspeito em troca de dinheiro e celular

Por O Dia

Rio - Policiais da Delegacia de Atendimento Especial à Mulher (Deam) São João de Meriti prenderam um técnico de instalar interfone, de 45 anos, acusado de abusar sexualmente a própria enteada, de 11 anos. Contra o suspeito, capturado no bairro Vila Columbia, naquele município da Baixada Fluminense, foi cumprido um mandado de prisão temporária de 30 dias por estupro de vulnerável.

Em depoimento, a mãe da menor, que procurou a especializada em abril deste ano, contou que os abusos ocorriam há um ano. Ela soube do crime após a menina ser vista por uma tia, que depois contou do caso ao pastor da igreja evangélica onde a família frequentava.

Em depoimento, a menor disse que era obrigada a manter relações sexuais com o padastro em troca de dinheiro, presentes e celular. Ela disse ainda que ele ainda fazia ameaças. "Vou te matar, vou te bater", eram as frases ditas pelo acusado para menina.