Informe do DIA: Choque de Ordem na Uruguaiana

O objetivo é combater atividades criminosas, como contrabando, venda de produtos falsificados e roubo de cargas

Por O Dia

Rio - A Prefeitura vai criar um posto de fiscalização com sistema de videomonitoramento no mercado popular da Uruguaiana, no Centro. O local abrigará guardas municipais e policiais civis e militares. O objetivo é combater atividades criminosas, como contrabando, venda de produtos falsificados e roubo de cargas.

Elaborado pela Secretaria de Ordem Pública e pela Secretaria de Urbanismo, Infraestrutura e Habitação, o projeto de revitalização da Uruguaiana será publicado no Diário Oficial de amanhã.

Contraste
Sondado por PSDB e Psol, o presidente do Flamengo, Bandeira de Mello, foi à Câmara Municipal participar de audiência pública semana passada. Não havia ninguém do Psol no evento. Já a tucanada ficou ouriçada e pediu selfies.

Direitos Humanos
O vereador Dr. Gilberto (PMN), que matou um assaltante na Avenida Brasil semana passada, foi indicado por bloco na Câmara Municipal para assumir a... Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos. Antes mesmo do ocorrido, o prefeito Marcelo Crivella (PRB) já dissera a aliados que a atual secretária, Teresa Bergher (PSDB), permaneceria no cargo.

Aliás
A reação de Dr. Gilberto ao assalto provocou discursos antagônicos entre seus pares na Câmara. Ao comentar a morte do ladrão, Luiz Carlos Ramos Filho (PTN), aos gritos, comemorou no plenário: “Menos um”. No que o vereador Fernando William (PDT) rebateu: “Melhor não se igualar a quem se quer combater”.

Restrição de vagas
Secretário estadual de Educação, Wagner Victer fala sobre o regulamento, publicado no Diário Oficial de sexta, que define e limita a disponibilidade de vagas no Degase: “Não se pode achar que o jovem tem que ser privado da liberdade, como se estivesse em um presídio. Ele pode cumprir outras medidas. Isso já foi implementado com sucesso em outros estados”.

‘Fake News’
A Ordem dos Advogados do Brasil promove o debate ‘Fake News’, sobre as consequências de notícias falsas publicadas nas redes sociais, amanhã, às 18h, na OAB-Barra, no Shopping Marapendi.

A tática da tinta
Nova estratégia de assalto no calçadão de Copacabana: ao perceber que um pedestre é turista, o ladrão joga tinta sobre os pés da vítima. Bem mais à frente, um comparsa, ao ver a marca, sabe que é a deixa para roubá-lo.

Últimas de Rio De Janeiro