Homens são detidos durante Operação Verão

Casos aconteceram na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio

Por O Dia

Homem é detido e encaminhado para a delegacia após rouboDivulgação

Rio - Dois homens foram detidos e encaminhados para a delegacia por equipes do Grupamento Especial de Praia (GEP), que estão atuando na Operação Verão da Guarda Municipal do Rio (GM-Rio). Os casos aconteceram neste fim de semana, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio.

No domingo, os guardas do GEP prenderam Uilson Francisco da Silva, de 38 anos, acusado de roubar uma pedestre na Ponte da Alvorada, na Barra da Tijua. Após o roubo, a vítima foi até a tenda da GM-Rio montada na areia e pediu apoio. Ela relatou ter sido atacada por quatro homens na ponte. A equipe pegou a descrição dos acusados e depois de buscas na região prenderam Uilson. Após ter sido reconhecido pela vítima, o homem foi levado para a 16ª DP (Barra da Tijuca) onde o caso foi registrado como roubo. Já nesta segunda-feira, um homem também foi conduzido para a 16ª DP (Barra da Tijuca) após ter sido flagrado pelos guardas com maconha na região do Quebra-Mar. 

Fiscalização mais dura

Além das prisões, as equipes do GEP também atuaram na fiscalização das posturas municipais na orla das Zonsas Sul e Oeste da cidade. Foram registradas 56 abordagens a donos de cães que estavam com os animais na areia e também foram coibidas quatro práticas esportivas em horário ou local não permitido, além da remoção de uma barraca de camping. Também foram desfeitos dois depósito de caipirinha e retirados duas churrasqueiras das praias. As práticas são proibidas pelo Código de Posturas Municipais.

Guardas municipais durante operação Verão nas praias cariocasDivulgação

Em Ipanema, os guardas do GEP retiraram uma faixa que estava fixada próxima a vegetação da praia, que é uma área de proteção ambiental. Foram registrados ainda quatro casos de crianças perdidas que os guardas auxiliaram a reencontrar os responsáveis.

A Operação Verão foi iniciada no dia 30 de setembro e conta com 381 guardas municipais, sendo 59 empregados exclusivamente em ações de trânsito. Os guardas atuam de forma integrada com a Polícia Militar e as secretarias municipais de Assistência Social e Direitos Humanos (SMASDH) e de Transportes (SMTR), com ações preventivas que visam proporcionar maior sensação de segurança aos banhistas.


Últimas de Rio De Janeiro