SUSPENSO, GUERRERO FICA SÓ NA TORCIDA

Por O Dia

Guerrero mostrou serenidade ao dar a primeira entrevista após ter um resultado analítico adverso em exame antidoping. Em Lima, o atacante manifestou, ao canal de TV Latina, apoio aos seus companheiros de seleção que tentarão buscar uma vaga na Copa do Mundo de 2018, na repescagem contra a Nova Zelândia.

"Estou tranquilo. Vamos fazer força para ganhar. Estou unido com todo o grupo e meus companheiros. Eles têm todo o meu apoio. Vamos, Peru", afirmou.

No domingo, Guerrero se reuniu por cerca de cinco horas com representantes da Federação Peruana de Futebol, o advogado Pedro Fiba e o bioquímico Luiz Carlos Cameron, em busca de explicações. O próximo movimento será a abertura da contraprova. O procedimento será realizado em um laboratório na cidade de Colônia, na Alemanha, ainda esta semana.

O exame antidoping realizado em Guerrero, depois do confronto entre Peru e Argentina, dia 5 de outubro, testou positivo para Benzoilecgonina, principal metabólito da cocaína. O jogador foi suspenso pela Fifa por 30 dias.

Comentários