Triste estatística: morre o 120º policial

Sargento PM foi atingido na cabeça em Niterói e não resistiu

Por O Dia

Morreu, na tarde de ontem, o sargento PM Rodrigo Tavares. O policial militar, que era lotado no Departamento Geral de Pessoal, foi atingido com um tiro na cabeça no sábado, durante tentativa de assalto em Pendotiba, Niterói, na Região Metropolitana. Tavares é o 120º PM morto este ano.

A vítima estava internada no Hospital Estadual Alberto Torres, em São Gonçalo. Ele foi socorrido por familiares após reagir à abordagem de dois criminosos em uma moto, quando chegava em casa.

Um dos homens foi baleado e socorrido para o mesmo hospital. Ainda não há informações sobre seu estado de saúde. O outro bandido fugiu. Policiais apreenderam a arma utilizada no crime.

Agentes da Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí investigam o caso. Seu corpo será sepultado no Cemitério Parque da Paz, em São Gonçalo, nesta terça-feira (21), às 13h. Nas redes sociais, a PM decretou luto.

De acordo com dados do Instituto de Segurança Pública, em 1994 foi registrado o maior número de policiais mortos em um ano, com 227 agentes. No ano em que teve menos mortes, desde então, foi em 2011, com 108 casos.

Comentários

Últimas de Rio De Janeiro