Buracos estão há pelo menos seis meses na estação Pedro Correa - DIVULGAÇÃO
Buracos estão há pelo menos seis meses na estação Pedro CorreaDIVULGAÇÃO
Por

O consórcio BRT Rio denunciou ontem, problemas estruturais no corredor Transcarioca. Em alguns trechos, como na estação Pedro Correa, sentido Alvorada, os motoristas dos articulados são obrigados a fazer desvio na pista ou a reduzir velocidade para menos de 20km/h por conta das crateras no asfalto. Segundo o BRT, a situação se arrasta há pelo menos seis meses. A prefeitura informou que fará a partir de hoje, operação tapa-buraco em toda pista do Transcarioca.

Na altura da estação Pinto Teles, em Campinho, também sentido Alvorada, são pelo menos três buracos na pista de concreto. O consórcio estima que, em alguns serviços do Transcarioca, a presença de buracos aumentou em 40% o tempo de deslocamento entre bairros. De acordo com o BRT, o mesmo problema acontece em trechos do Transoeste, que também necessita de reparos estruturais.

Você pode gostar
Comentários